Campanha Social arrecada vestidos para crianças na África

O objetivo é arrecadar vestidos novos para meninas do Malawi, na África. Ação inicia no RioMar Kennedy nesta sexta-feira, dia 18 de maio, e segue até 18 de junho.

Nesta sexta-feira, 18 de maio, às 19h, o Espaço Oficina de Ideias, localizado no Piso L2 do RioMar Kennedy, recebe o lançamento da Campanha ‘Um Vestido para Tutti’ cujo objetivo é sensibilizar as pessoas a fazerem doações de vestidos novos para crianças do Malawi, na África. Na ocasião, a doutora em linguística e idealizadora da campanha, Tânia Dourado, participará de um bate-papo com sessão de autógrafos junto com a Digital Influencer Mileide Mihaile. O evento tem entrada gratuita.
A campanha teve início em abril, no RioMar Fortaleza, com o lançamento do livro homônimo a ação. Os shoppings do Grupo JCPM em Fortaleza aderiram a ideia para conseguir arrecadar ainda mais vestidos. A urna para arrecadação do RioMar Kennedy estará no Piso L2, em frente à Zenir, de segunda a sábado, de 10h às 22h, e aos domingos de 10h30 às 21h e ficará à disposição do público para receber as doações dos vestidinhos, que serão entregues às meninas do Malawi, em outubro, no Mês da Criança.

Campanha no RioMar Fortaleza

No RioMar Fortaleza a campanha segue até o dia 31 de maio. A urna para doação fica em frente à Livraria Leitura, no Piso L2, de segunda a sábado, de 10h às 22h, e aos domingos de 10h30 às 22h.

Sobre a Campanha

‘Um Vestido para Tutti’ foi idealizada pela escritora cearense e doutora em linguística Tânia Dourado. A autora do livro Um Vestido para Tutti escreveu em sua obra, o drama das meninas do Malawi para falar do papel da moda na construção identitária das crianças. No livro, Tânia fala sobre moda, identidade e empoderamento em um contexto de miséria e abandono absoluto.
O leitmotiv do livro nasceu de uma matéria sobre a americana Lillian Weber que aos 94 anos decidiu confeccionar um vestido por dia para as meninas do Malawi. Ao morrer, Lillian já havia confeccionado mil vestidos, cada vestido diferente do outro. O nome da personagem-título, no entanto, é uma homenagem à filha da autora do livro, que morreu em 2001, ainda na maternidade, antes de ganhar a boneca negra que Tânia havia comprado para ela. “A história das meninas do Malawi chegou ao meu conhecimento no final do meu doutorado em linguística. Enquanto escrevia minha tese sobre comunicação de moda e analisava o discurso das campanhas de marcas de luxo, meninas do outro lado do mundo não tinham um vestido sequer. Eu falava de moda e identidade na hipermodernidade e aquelas meninas não tinham nada que as singularizasse, nada que as tornassem diferentes umas das outras”, explica Tânia.

Serviço

Campanha Um Vestido para Tutti
Doações de vestidos para Campanha: Início 18 de maio até 18 de junho
Lançamento: sexta-feira, 18 de maio, às 19h
Local de lançamento: Oficina de Ideias, Piso L2 – RioMar Kennedy (Av. Sargento Hermínio Sampaio, 3100 – Presidente Kennedy)
Local de doação: Urna em frente à Zenir, Piso L2
Horário: Segunda a sábado, de 10h às 22h, e aos domingos de 10h30 às 21h
Telefone: (85) 3089.0909
Com informações da Assessoria do Evento

Boa Notícia

Comentários

Mais Visitadas

A linguagem do amor

Garimpeiro do conhecimento

Museu da Fotografia Fortaleza realiza nesta quinta (17) palestra sobre a imagem contemporânea

Aposentadoria por idade será aprovada por internet e telefone

História do transporte de passageiros é contada em Centro Cultural da Fetrans