Kim Jong-un se reuniu novamente com Xi Jinping

Agência da Coreia do Sul afirma que líder norte-coreano estaria preparando cúpula com o presidente americano Donald Trump.
Por G1
Kim Jong-un se reúne com o presidente chinês Xi jinping em Dalian; foto tirada entre segunda (7) e terça-feira (8) foi divulgada pela agência oficial chinesa Xinhua (Foto: Ju Peng/Xinhua via AP)
Kim Jong-un se reúne com o presidente chinês Xi jinping em Dalian; foto tirada entre segunda (7) e terça-feira (8) foi divulgada pela agência oficial chinesa Xinhua (Foto: Ju Peng/Xinhua via AP)

A China e a Coreia do Norte confirmaram nesta terça-feira (8) que o líder norte-coreano Kim Jong-un se reuniu novamente com o presidente Xi Jinping na China. Os dois líderes haviam se reunido em março e a nova visita de Jong-un a China era especulada por meios de comunicação da Coreia do Sul e do Japão.

Jinping e Jong-un seu reuniram na cidade chinesa de Dalian, próxima da fronteira com a Coreia do Norte, nesta segunda-feira (7) e nesta terça (8). Os dois conversaram sobre as relações diplomáticas e as principais questões de comum interesse, de acordo com a agência oficial chinesa Xinhua.

Segundo a agência estatal da Coreia do Norte, Jong-un manifestou estar "muito satisfeito" de que as relações com a China tenham alcançado um ponto alto e afirmou que vai cooperar com a China mais ativamente para mudar a situação na península coreana.

O líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente chinês Xi Jinping caminham por Dalian, na China; foto tirada entre segunda (7) e terça-feira (8) foi divulgada pela agência oficial chinesa Xinhua (Foto: Ju Peng/Xinhua via AP)
O líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente chinês Xi Jinping caminham por Dalian, na China; foto tirada entre segunda (7) e terça-feira (8) foi divulgada pela agência oficial chinesa Xinhua (Foto: Ju Peng/Xinhua via AP)

A reunião acontece menos de duas semanas depois da histórica cúpula entre Jong-un e o presidente sul-coreano Moon Jae-in de 27 de abril, em que os dois lados prometeram desnuclearizar a península coreana. A Guerra da Coreia foi interrompida por um cessar-fogo em 1953, mas tecnicamente ainda não terminou porque as partes nunca assinaram um tratado de paz.

A China é o mais importante apoio econômico e diplomático da Coreia do Norte, apesar de sua rejeição aos testes nucleares e de mísseis frequentes de Pyongyang e de seu apoio a sanções contundentes da Organização das Nações Unidas (ONU) contra o regime.

Avião da Coreia do Norte é visto em aeroporto em Dalian, na China (Foto: Minoru Iwasaki/Kyodo News via AP)
Avião da Coreia do Norte é visto em aeroporto em Dalian, na China
 (Foto: Minoru Iwasaki/Kyodo News via AP)

De acordo com a Yonhap, agência sul-coreana, Kim teria viajado a Dalian para um encontro com o Jinping para preparar a reunião de cúpula com o presidente americano Donald Trump, prevista para as próximas semanas. Os EUA são aliados da Coreia do Sul e aceitaram se reunir com a Coreia do Norte depois de um ano de crescentes tensões.

Após a confirmação da visita de Jong-un a China, Trump disse que conversará com Jinping nesta manhã. "Falarei com meu amigo, o presidente Xi da China, nesta manhã. Os tópicos principais serão comércio, em que coisas boas vão acontecer, e a Coreia do Norte, com quem relação e confiança são construídos", disse Trump pelo Twitter.

Comentários

Mais Visitadas

A linguagem do amor

Garimpeiro do conhecimento

História do transporte de passageiros é contada em Centro Cultural da Fetrans

Museu da Fotografia Fortaleza realiza nesta quinta (17) palestra sobre a imagem contemporânea

Aposentadoria por idade será aprovada por internet e telefone