Kim Jong-un se reuniu novamente com Xi Jinping

Agência da Coreia do Sul afirma que líder norte-coreano estaria preparando cúpula com o presidente americano Donald Trump.
Por G1
Kim Jong-un se reúne com o presidente chinês Xi jinping em Dalian; foto tirada entre segunda (7) e terça-feira (8) foi divulgada pela agência oficial chinesa Xinhua (Foto: Ju Peng/Xinhua via AP)
Kim Jong-un se reúne com o presidente chinês Xi jinping em Dalian; foto tirada entre segunda (7) e terça-feira (8) foi divulgada pela agência oficial chinesa Xinhua (Foto: Ju Peng/Xinhua via AP)

A China e a Coreia do Norte confirmaram nesta terça-feira (8) que o líder norte-coreano Kim Jong-un se reuniu novamente com o presidente Xi Jinping na China. Os dois líderes haviam se reunido em março e a nova visita de Jong-un a China era especulada por meios de comunicação da Coreia do Sul e do Japão.

Jinping e Jong-un seu reuniram na cidade chinesa de Dalian, próxima da fronteira com a Coreia do Norte, nesta segunda-feira (7) e nesta terça (8). Os dois conversaram sobre as relações diplomáticas e as principais questões de comum interesse, de acordo com a agência oficial chinesa Xinhua.

Segundo a agência estatal da Coreia do Norte, Jong-un manifestou estar "muito satisfeito" de que as relações com a China tenham alcançado um ponto alto e afirmou que vai cooperar com a China mais ativamente para mudar a situação na península coreana.

O líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente chinês Xi Jinping caminham por Dalian, na China; foto tirada entre segunda (7) e terça-feira (8) foi divulgada pela agência oficial chinesa Xinhua (Foto: Ju Peng/Xinhua via AP)
O líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente chinês Xi Jinping caminham por Dalian, na China; foto tirada entre segunda (7) e terça-feira (8) foi divulgada pela agência oficial chinesa Xinhua (Foto: Ju Peng/Xinhua via AP)

A reunião acontece menos de duas semanas depois da histórica cúpula entre Jong-un e o presidente sul-coreano Moon Jae-in de 27 de abril, em que os dois lados prometeram desnuclearizar a península coreana. A Guerra da Coreia foi interrompida por um cessar-fogo em 1953, mas tecnicamente ainda não terminou porque as partes nunca assinaram um tratado de paz.

A China é o mais importante apoio econômico e diplomático da Coreia do Norte, apesar de sua rejeição aos testes nucleares e de mísseis frequentes de Pyongyang e de seu apoio a sanções contundentes da Organização das Nações Unidas (ONU) contra o regime.

Avião da Coreia do Norte é visto em aeroporto em Dalian, na China (Foto: Minoru Iwasaki/Kyodo News via AP)
Avião da Coreia do Norte é visto em aeroporto em Dalian, na China
 (Foto: Minoru Iwasaki/Kyodo News via AP)

De acordo com a Yonhap, agência sul-coreana, Kim teria viajado a Dalian para um encontro com o Jinping para preparar a reunião de cúpula com o presidente americano Donald Trump, prevista para as próximas semanas. Os EUA são aliados da Coreia do Sul e aceitaram se reunir com a Coreia do Norte depois de um ano de crescentes tensões.

Após a confirmação da visita de Jong-un a China, Trump disse que conversará com Jinping nesta manhã. "Falarei com meu amigo, o presidente Xi da China, nesta manhã. Os tópicos principais serão comércio, em que coisas boas vão acontecer, e a Coreia do Norte, com quem relação e confiança são construídos", disse Trump pelo Twitter.

Comentários

Mais Visitadas

Principal nome da literatura feita para crianças no Ceará, Horácio Dídimo, morto em 2018, pode ser homenageado em Dia Estadual da Literatura Infantil

Literatura e cinema ajudaram a tornar Notre-Dame conhecida no mundo

Alagoano que dirigiu filme que teve cenas gravadas em Penedo toma posse na ABL

Herança do governo golpista