Depressão

Paulo Eduardo Mendes*
Resultado de imagem para paulo eduardo mendes
Moda ou modismo? Triste indagação. Doença da mente. Males da alma agitada. Mil pensamentos negativos. Onda de desespero. Tudo de roldão para fazer mergulhar numa enfermidade diferente. Depressão. Causa e efeito advindos do estado de espírito envolto em profunda tristeza. Sabor de derrota impedindo agir no campo da tranquilidade. Agitação interna em confronto com a razão de ser do equilíbrio emocional. Desorganização da mente. Ser que se torna paciente, dentro da impaciência a persegui-lo permanentemente. Estranho jogo de palavras onde paciente e impaciente dialogam na sua consciência em desespero. Depressão, um estado psíquico de intensa duração. Maltrata. Desvia conduta na trilha da normalidade do ser pensante. Personalidade abatida em razão nefanda de fatores que desencadeiam a falta de harmonia na vida do paciente. Enfermidade progressiva. O paciente deve optar pelo tratamento adequado. Psiquiatria, psicologia ou psicanálise podem emergir em socorro de quem esteja padecendo da "doença do século", essa terrível depressão. As causas, as consequências, tudo leva o paciente a uma debilitação visível quer do âmbito mental ou físico. O abatimento moral interfere no vigor físico. Revela um potencial destrutivo violento. Interfere na área da casa mental pela sua intimidade com o subconsciente, consciente e super consciente. O sentimento de perda exige a interferência de um agente que seja capaz de nortear o caminho da cura. A depressão sofre, de logo, os efeitos da obsessão facilitando o estudo espiritual da causa que afeta o paciente de forma inesperada e perigosa à mente humana.
*Jornalista

Comentários

Mais Visitadas

Trinta Anos de Ordenação Sacerdotal do Pe. Geovane Saraiva

Parabéns, Padre Geovane!

Deus, alimento e remédio

Filme luso-brasileiro com índios Krahô vence Festival de Cinema de Lima

Ser estudante