IMAGEM PEREGRINA DE FÁTIMA COM DEFESA DA VIDA E DA FAMÍLIA

Agência Ecclesia 08 de Fevereiro de 2016, às 11:53   
D. Manuel Clemente rezou pela valorização da maternidade e da complementaridade homem-mulher

Foto: Arlindo Homem
Lisboa, 08 fev 2016 (Ecclesia) – O cardeal-patriarca presidiu este domingo à Missa de conclusão da visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima a Lisboa, rezando pela valorização da maternidade e da complementaridade homem-mulher.

“Olhai por todas as mães, para que recebam o dom dos seus filhos, desde o momento da sua conceção, contando com o apoio dos seus familiares e duma sociedade que legal e praticamente reconheça o valor da vida como o primeiro dos valores, imprescindível base de todos os demais”, declarou, no final da homilia que proferiu durante a celebração, no Mosteiro dos Jerónimos.

A intervenção acontece a poucos dias do regresso ao Parlamento dos projetos legislativos que visam promover alterações nas questões do aborto e da adoção por pessoas do mesmo sexo, após o veto presidencial às leis aprovadas na Assembleia da República.

“Olhai pelos pais, para que os filhos contem com a complementar referência feminina e masculina, indispensável no seu todo ao crescimento humano, que essencialmente a requer”, disse ainda D. Manuel Clemente, numa intervenção enviada hoje à Agência ECCLESIA.

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa convidou os católicos de Lisboa a estar “próximos das necessidades dos outros e a acompanhá-los na vida e até à morte natural”.

Numa referência ao atual debate sobre a eutanásia, o cardeal-patriarca de Lisboa pediu que não faltem nunca “os cuidados e a convivência onde o amor realmente se comprova, em especial na doença e na agonia”.

“Fazei-nos seguir o vosso Filho, no apelo evangélico à decidida conversão a Deus e ao serviço do próximo, sobretudo dos que mais precisam de ser acolhidos, respeitados e amparados, ao longo do percurso completo da vida de cada um”, prosseguiu, numa oração dirigida a Nossa Senhora de Fátima.

Após três semanas de visita da Imagem Peregrina ao patriarcado, D. Manuel Clemente citou o cardeal Cerejeira para dizer que “não foi a Igreja que impôs Fátima, mas Fátima que se impôs à Igreja”.

A visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima às 20 dioceses de Portugal durante um ano – maio 2015-maio 2016 - realiza-se no âmbito do Centenário das Aparições na Cova da Iria, que se celebra em 2017.

OC

Comentários

Mais Visitadas

Deus eleva os humildes

Reitoria da UECE apoia manifestações em defesa da educação brasileira e das universidades públicas

VIVENDO E APRENDENDO

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

Maureen Bisilliat se reencontra com o seu sertão e o de Euclides da Cunha na Flip