Pular para o conteúdo principal

ENCERRADO JUBILEU DE SANTA TERESA DE JESUS

Mosteiros Carmelitas de Valência encerram o Jubileu de Santa Teresa de Jesus.jpg
Valência, 30 mar (sirnoticias@hotmail.com) - Apesar do Jubileu pelos 500 anos de nascimento de Santa Teresa de Jesus tenha se encerrado no dia 15 de outubro do ano passado, suas homenagens se estenderam até 2016 na Arquidiocese de Valência, Espanha. Os Mosteiros Carmelitas da jurisdição espanhola fecharam os festejos da mística, e santa reformadora do Carmelo nesta segunda-feira, 28 de março, data de nascimento da religiosa andarilha.
Este tempo jubilar, que iniciou em outubro de 2014, foi prorrogado até este ano pelo Arcebispo de Valência, Cardeal Antonio Cañizares, e se viveu de maneira muito especial nos mosteiros carmelitanos, que ainda foram durante este tempo templos jubilares com a possibilidade de ganhar a Indulgência Plenária.
"Têm sido um transbordamento tão grande e intenso de celebrações e eventos, que somente com armo e agradecimento intermináveis poderíamos compartilhar o vivido através do presente tão imenso que foi este Centenário", assinalaram fontes do Mosteiro de São José e Santa Teresa, citadas por PARAULA, meio de comunicação diocesano.
As celebrações também foram importantes para o Mosteiro do Coração Eucarístico de Jesus de Godelleta que manifestou que durante o V Centenário a fundadora "armou confusão em nossos corações, despertou e moveu a toda Igreja, entrando a dialogar com muitos aspectos do desenvolvimento humano e espiritual, e assim nos moveu a todos seus filhos e filhas a fazer confusão e convidar aos demais a confundir-se conosco, com o espírito carmelitano-teresiano".
Entretanto, as carmelitas descalças do Mosteiro de São José de Pucol, assinalaram que as comemorações dos 500 anos foram "uma presença animadora de nossas comunidades", e para o Padre José Antonio Todolí, pároco de Santa Teresa de Ávila, única paróquia dedicada à Santa em Valência, o jubileu "serviu para redescobrir a vida e obra de uma mulher que se soube fazer valer sem fazer dano a ninguém".
A abertura oficial do Jubileu Teresiano ocorreu em Ávila no dia 15 de outubro de 2014 na solenidade da Santa e Mística. Dita abertura esteve marcada por uma celebração Eucarística presidida pelo Arcebispo de Valladolid e Presidente da Conferência Episcopal Espanhola (CEE), Cardeal Ricardo Blázquez, com a presença de vários Bispos espanhóis e da Família do Carmelo, encabeçados pelo Padre Saaverio Canistrá, Geral da Ordem.
"Nos reunimos para recordar as obras da misericórdia de Deus, para cantar suas maravilhas, para fazer o elogio de uma mulher excepcional que nos precedeu na Fé em Deus, no amor a Jesus Cristo e nos trabalhos pelo Evangelho. A memória de Santa Teresa de Jesus, nascida perto desta praça há 500 anos, nos tem convocado esta manhã. Sua recordação está viva entre nós; é motivo de alegria, de estímulo e de esperança", expressou o Cardeal naquela oportunidade.
Os festejos do Ano Jubilar Teresiano se estenderam ao mundo, onde a Família Carmelita tem presença. Uma comemoração que contou, entre outras coisas, com a peregrinação mundial da relíquia do bastão com o qual a santa percorreu seu país natal para fundar os mosteiros carmelitanos, e que levou por título "Caminho de Luz".
SIR

Comentários