Pular para o conteúdo principal

JUBILEU: CAMPANHA MUNDIAL «SEJA A MISERICÓRDIA DE DEUS» É APRESENTADA ESTA SEXTA-FEIRA

Agência Ecclesia 16 de Junho de 2016, às 12:48      
AIS, campanha «Seja a Misericórdia de Deus»
AIS, campanha «Seja a Misericórdia de Deus»
Iniciativa da Ajuda à Igreja que Sofre tem o «Alto Patrocínio» do presidente da República de Portugal

Lisboa, 16 jun 2016 (Ecclesia) – O presidência da República concedeu o seu “Alto Patrocínio” à campanha da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) ‘Seja a Misericórdia de Deus’ que vai ser apresentada esta sexta-feira às 12H00, na Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o secretariado português da AIS informa que Marcelo Rebelo de Sousa não pode estar na apresentação da campanha ‘Seja a Misericórdia de Deus’, “devido a compromissos de agenda”, mas concedeu o Alto Patrocínio do Presidente da República, “ato que constitui uma prerrogativa do Chefe de Estado”.

A Fundação Ajuda à Igreja que Sofre assinala que o Alto Patrocínio “é um privilégio” do presidente da República como forma de “promover, incentivar e mobilizar o País e os cidadãos perante os desafios e oportunidades que se colocam no caminho de Portugal”.

A apresentação da campanha decorre esta sexta-feira em simultâneo em todos os 22 secretariados internacionais da AIS; Em Portugal, a Universidade Católica Portuguesa acolhe a iniciativa, a partir das 12h00 na Sala Brasil, numa sessão que conta com a presença do Núncio Apostólico, D. Rino Passigato, a diretora da AIS em Portugal, Catarina Martins de Bettencourt, a reitoria e a Sociedade Científica da UCP, para além de amigos, benfeitores e corpos sociais da fundação.

A “pastoral das prisões, centros de reabilitação de drogas, grupos de apoio a mulheres que sofreram violência e ajuda aos refugiados” são alguns dos exemplos de projetos que vão ser apoiados dos cerca de quatro meses da iniciativa.

A campanha ‘Seja a Misericórdia de Deus’ realiza-se entre 17 de junho a 4 de outubro, dia de São Francisco de Assis, quando a organização vai apresentar os “primeiros frutos” da campanha ao Papa.

A iniciativa responde a um desafio de Francisco que convida todas as pessoas “de boa vontade” a “realizar obras de misericórdia, juntamente com a AIS de modo a socorrer as muitas necessidades de hoje”

“Quero pedir a todos os homens e mulheres de boa vontade de todo o mundo para que se faça uma obra de misericórdia em cada cidade, em cada diocese, em cada associação”, diz Francisco na vídeo-mensagem, de “quase três minutos”, que vai ser divulgada esta sexta-feira.

“Precisamos de dar a mão, de acariciar, de cuidar uns dos outros e não fazer tantas guerras”, sublinha.

A Fundação Ajuda à Igreja que Sofre informa que o “primeiro benfeitor” da campanha é o Papa Francisco que confiou um donativo pessoal, a uma delegação italiana da Fundação AIS, que vai ser entregue na Clínica de São José, em Erbil, Curdistão iraquiano, que dá assistência médica gratuita a cerca de 2.800 refugiados de todas as religiões.

A campanha vai ser apresentada a nível internacional em Roma, na Sala Marconi, nos escritórios da Rádio Vaticano, numa conferência de imprensa que conta com o presidente internacional da AIS e do secretário-geral, respetivamente o cardeal Mauro Piacenza e Philipp Ozores.

Para além da apresentação da Campanha ‘Seja a Misericórdia de Deus’ vai ser lançada uma página na internet destinada “exclusivamente a promover e a divulgar” todas as iniciativas relacionadas com essa iniciativa.

O secretariado português da Fundação AIS pretende divulgar a campanha e a Mensagem do Papa Francisco em todas as dioceses portuguesas e começa por Leiria-Fátima; Este sábado vai estar pelas 15h00, na capela da Ressurreição, no Santuário de Fátima.

LFS/CB/PR

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

Corpo do Jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na terça-feira

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil* O corpo do jornalista Carlos Heitor Cony deve ser cremado na próxima terça-feira (9), no Memorial do Carmo, segundo a Academia Brasileira de Letras (ABL), respeitando o desejo do imortal. Cony morreu ontem (6), aos 91 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos após dez dias de internação. Segundo a ABL, como a morte ocorreu em um fim de semana, procedimentos jurídicos e administrativos terão que ser resolvidos nesta segunda-feira (8). Após a cremação, suas cinzas devem ser lançadas em um local que remete a sua infância. Também a pedido do jornalista, seu corpo não foi velado na sede da academia. A amiga e também jornalista Rosa Canha disse que Cony desejava uma cerimônia íntima. "Ele não queria velório, não queria missas nem nenhum tipo de homenagens. Ele pediu muito que fosse uma cerimônia apenas para a família".  Saiba MaisTemer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926.…

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …