'Jornal Nacional' ignora morte de Russo

Russo morreu na manhã de sábado por complicações decorrentes de uma infecção pulmonar. (Reprodução/TV)
O Jornal Nacional não noticiou neste sábado (28) a morte de Russo, que trabalhou por 46 anos nos principais programas de auditório da Globo. Nas redes sociais, o público notou a ausência de uma reportagem sobre ele e criticou o telejornal e a emissora.

O noticiário falou da morte do ator britânico John Hurt, aos 77 anos, e dedicou um minuto de sua grade ao estrangeiro, mas não citou o famoso contrarregra.

Russo faleceu na manhã do último sábado, por complicações decorrentes de uma infecção pulmonar, aos 85 anos de idade. Ele deixou a emissora em 2014.

Xuxa e Luciano Huck lamentam a morte de Russo
Xuxa e Luciano Huck foram alguns dos artistas que lamentaram a morte de Russo nas redes sociais. Os dois apresentadores trabalharam com o assistente de palco, em períodos diferentes, na Globo.

"Russo, continue correndo de um lado pro outro e alegrando a todos, só que agora em um lugar especial. Você fez parte da minha historia, com Deus [sic]", escreveu Xuxa.

"Dedico o Caldeirão de hoje a ele. Foram muitos anos correndo pelo nosso estúdio. Muitas risadas. Russo é parte da história dos programas de auditório. Parte da história da TV no Brasil. Deixa muitas histórias e muitas lembranças. Vá em paz meu amigo querido", publicou Huck.

Outros artistas também homenagearam Russo. O enterro foi realizado neste domingo (29) no Cemitério de Xerém, no Rio de Janeiro.

"O verdadeiro Super-Homem é aquele que protege todos a sua volta com a força do seu amor. São esses os heróis que ficam de exemplos nobres pra história. Os que caminharam sempre com um sorriso no rosto, com a gentileza nos gestos, com palavras de afeto, sem armaduras, muito menos máscaras. Não precisam delas. São homens cobertos não por capas mas apenas pelo essencial no ser humano que é a alma do bem. Voe sem capa Russo. O céu te abraça hoje cheio de orgulho de um verdadeiro herói. Que sorte a do céu! Ele agora o tem", escreveu Danielle Winits.

Marina Elali, Sônia Abrão e Simony também homenagearam Russo em seus perfis nas redes sociais.

Agência Estado

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado