Pular para o conteúdo principal

Uma das religiosas mais idosas do mundo completa 110 anos e recebe saudação do Papa

Irmã Cândida celebra o seu 110º aniversário. Foto: Congregação de São Camilo de Lélis
(ACI).- Uma das religiosas mais idosas do mundo completou 110 anos no dia 20 de fevereiro. A Irmã Cândida Bellotti, apesar de sua idade, tem o entusiasmo de uma jovem, assim o demonstrou em mais um ano ao festejar o seu aniversário e receber uma mensagem do Papa Francisco.
“À reverenda irmã Cândida Bellotti, irmã Ministra dos Enfermos, que com uma alma agradecida a Deus festeja os seus 110 anos: o Santo Padre, Papa Francisco, participa espiritualmente na alegria pelo acontecimento, enviando calorosas felicitações e sinceros votos”, diz a mensagem papal.
A religiosa celebrou o aniversário com o Bispo da Diocese italiana de Lucca, Dom Benvenuto Italo Castellani, onde vive com suas irmãs do convento e a superiora provincial, Irmã Giuliana Fracasso.
A Irmã Cândida pertence à Congregação de São Camilo de Lélis, que neste ano comemora os 150 anos da morte da sua fundadora, a beata María Domenica Brun Barbantini.
A religiosa nasceu em Quinzano, na província italiana de Verona, no dia 20 de fevereiro de 1907. Desde a década de 30, ela se dedicou a ajudar os necessitados como enfermeira profissional nos hospitais de diversas cidades da Itália. Desde 2000 vive na cidade de Lucca, na Casa principal da sua congregação.
Em uma entrevista recente, recordou que a sua vocação foi "semeada" em uma família cristã. "Amar, amar e ainda amar mais, com alegria", é o conselho que dá a todos, especialmente às novas gerações, e lhes faz um convite especial: "Tenhamos confiança no futuro e comprometam-se ao máximo para realizar seus desejos”.

Comentários