Exibição em Paris ressalta paixão de Picasso por culturas distantes

Por Nathalie Kantaris Diaz

A admiração de Pablo Picasso por civilizações distantes ganhou destaque em uma nova exposição em Paris, com peças da coleção do artista que mostram essa paixão de toda uma vida e seus próprios esboços, esculturas e pinturas inspirados por elas.

Intitulada "Picasso Primitif", a mostra pretende exibir "uma visão comparativa de suas obras com aquelas de artistas não-ocidentais" da África, da Oceania, das Américas e da Ásia, de acordo com o museu Quai de Branly.

Entre os itens presentes está a pintura "Cabeça de Mulher", na qual a proeminência da testa, os dentes e buracos no lugar das bochechas lembram uma máscara antropomórfica da Costa do Marfim, enquanto uma máscara listrada de formato hexagonal de 1919 parece dar um toque moderno a tais peças tradicionais africanas.

"Picasso Primitif" estreia na terça-feira e dura até julho.

Reuters

Comentários

Mais Visitadas

Alagoano que dirigiu filme que teve cenas gravadas em Penedo toma posse na ABL

Literatura e cinema ajudaram a tornar Notre-Dame conhecida no mundo

Principal nome da literatura feita para crianças no Ceará, Horácio Dídimo, morto em 2018, pode ser homenageado em Dia Estadual da Literatura Infantil

Herança do governo golpista

Catedral de Notre-Dame, em Paris, sofre incêndio na tarde desta segunda-feira