Mais de mil migrantes resgatados no Mediterrâneo

Mais de mil migrantes foram resgatados na noite de sábado nas costas da Líbia, anunciaram as ONGs SOS Mediterrâneo e Médicos Sem Fronteiras (MSF).
Um total de 645 refugiados em botes e embarcações de madeira foram socorridos, em uma operação que durou seis horas, pelo navio Aquarius da MSF e outros barcos presentes na região, informou a SOS Mediterrâneo.
Uma mulher encontrada inconsciente em um bote foi declarada morta no Aquarius, que também é administrado pela ONG.
A MSF informou que seu novo barco de resgate em alto mar, o Prudence, resgatou 412 pessoas.
Apesar das duras condições provocadas pelo mar, as viagens de migrantes a partir da Líbia a bordo de embarcações de traficantes aumentaram nos últimos meses.
Mais de 6.000 pessoas foram resgatadas por barcos de emergência na última semana, o que eleva a mais de 22.000 o número de migrantes que chegaram à Itália em 2017.
No ano passado, as costas italianas receberam mais de 180.000 pessoas, um aumento de 18% na comparação com 2015.
(AFP)

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado