Rede de centros de acolhimento na Argentina estende-se para prevenir o trabalho infantil

Um novo centro de acolhimento para menores (CCI) abriu em Puerto Gaboto, na Argentina, e deverá acolher mais de 30 crianças até aos quatro anos de idade, «filhas de pais pescadores informais», no âmbito do programa «Trabalho não é assunto de criança», informa a agência Fides.

O CCI de Puerto Gaboto junta-se agora à rede dos mais de 30 centros de acolhimento existentes na região, criados com o objetivo de prevenir o trabalho infantil doméstico ou perigoso em âmbitos urbanos e rurais. Nestes espaços, os menores recebem cuidados médicos, educação, praticam uma alimentação saudável e brincam, enquanto os seus pais trabalham.

Fátima Missionária

Comentários

Mais Visitadas

Há 220 anos, Ceará se emancipava de Pernambuco

Cenário da Economia

Jesus não precisava ser batizado

"Harry Potter" ajuda a salvar histórica Livraria Lello, em Portugal

Prefeitura de Salvador divulga atrações classificadas para Furdunço 2019