Rede de centros de acolhimento na Argentina estende-se para prevenir o trabalho infantil

Um novo centro de acolhimento para menores (CCI) abriu em Puerto Gaboto, na Argentina, e deverá acolher mais de 30 crianças até aos quatro anos de idade, «filhas de pais pescadores informais», no âmbito do programa «Trabalho não é assunto de criança», informa a agência Fides.

O CCI de Puerto Gaboto junta-se agora à rede dos mais de 30 centros de acolhimento existentes na região, criados com o objetivo de prevenir o trabalho infantil doméstico ou perigoso em âmbitos urbanos e rurais. Nestes espaços, os menores recebem cuidados médicos, educação, praticam uma alimentação saudável e brincam, enquanto os seus pais trabalham.

Fátima Missionária

Comentários

Mais Visitadas

Alagoano que dirigiu filme que teve cenas gravadas em Penedo toma posse na ABL

Literatura e cinema ajudaram a tornar Notre-Dame conhecida no mundo

Principal nome da literatura feita para crianças no Ceará, Horácio Dídimo, morto em 2018, pode ser homenageado em Dia Estadual da Literatura Infantil

Herança do governo golpista

Catedral de Notre-Dame, em Paris, sofre incêndio na tarde desta segunda-feira