Saiba quais são os países mais felizes do mundo

Nem todo mundo sabe, mas 20 de março é o Dia Internacional da Felicidade. A data foi criada em julho de 2012 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e as comemorações ocorrem desde 2013. Segundo a entidade, o dia é uma forma de reconhecer a importância desse sentimento na vida das pessoas em todo o mundo.

Para marcar a data, foi divulgado, em Nova York, o relatório oficial, que apresenta a lista dos países mais felizes e dos mais infelizes do planeta, numa pesquisa que envolveu 155 nações.  

O estudo leva em conta uma equação social envolvendo fatores como prosperidade, confiança na sociedade, confiança no governo, igualdade, honestidade, liberdade e generosidade (calculada pelo número de doações recentes). 

Segundo a lista, os dez países mais felizes são: Noruega, Dinamarca, Islândia, Suíça, Finlândia, Holanda, Canadá, Nova Zelândia, Austrália e Suécia. No outro extremo, os dez países mais infelizes do mundo são: República Centro-Africana, Burundi, Tanzânia, Síria, Ruanda, Togo, Guiné, Libéria, Sudão do Sul e Iêmen.

Em relação à lista anterior, houve alterações. A Dinamarca perdeu o título para Noruega. A Alemanha, considerada um dos países mais desenvolvidos do mundo, ficou apenas em 16º lugar. Já o Brasil (afetado por crises econômicas, políticas e éticas) caiu cinco posições e agora está na 22º posição. Ainda assim, para surpresa de muita gente, continua à frente de países ricos como Espanha, Itália e França.

Noruega é a meta

Segundo o levantamento da ONU os noruegueses é que sabem ser felizes. Os pesquisadores apontam os ingredientes dessa receita de sucesso. Para começar, as pessoas que moram na Noruega sabem equilibrar bem o tempo gasto com trabalho e lazer. Também vivem em contato constante com a natureza, têm acesso a uma excelente educação e a saúde pública funciona de verdade. Para se ter ideia, quando nasce um bebê norueguês, o pai tem direito a dois meses e meio de licença paternidade para acompanhar o filho e a esposa. Bom, não?

Na América Latina, onde nem de longe existem as condições do páis nórdico,  a ONU aponta que o campeão de felicidade é a Costa Rica. Na sequência vêm Chile, Brasil, Argentina e  México. 

Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

15 de novembro de 1889

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

O mundo reconciliado em Cristo

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado