A mais jovem vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Malala Yousafazai, vai receber o título de cidadã honorária do Canadá

A mais jovem vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Malala Yousafazai, vai receber o título de cidadã honorária do Canadá, numa cerimônia agendada para o dia 12 de abril, que incluirá um discurso no Parlamento canadiano, informou esta terça-feira, 4 de abril, o primeiro-ministro, Justin Trudeau. 

«É com satisfação que anuncio a visita de Malala Yousafzai ao Canadá. A valente resposta que ela deu aos que ameaçaram a sua vida e a sua luta pela educação das crianças inspirou milhões de pessoas em todo o mundo. E a sua história de determinação e dignidade faz com que o Canadá esteja orgulhoso de nomeá-la cidadã honorária deste país», afirmou o governante. 

Manifestando-se «honrada» pelo convite para discursar no Parlamento e pela atribuição do título, Malala classificou o Canadá como «uma grande nação de heróis» e como um país líder a nível mundial «na resposta perante a crise de refugiados». 

A jovem sobreviveu a um atentado dos talibã, em outubro de 2012. Foi baleada quando seguia num autocarro escolar, ficou gravemente ferida e foi transportada para o Reino Unido, onde recuperou dos ferimentos. Em 2014 foi distinguida com o Prêmio Nobel da Paz pela luta «contra a opressão das crianças e dos jovens e pelo direito à educação de todos os menores».

Fátima Missionária

Comentários

Mais Visitadas

Erasmo Carlos tem retratados seus dias de Jovem Guarda em 'Minha Fama de Mau'

Monteiro Lobato é tema de contação de histórias em livrarias de São Paulo

Filme 'No Portal da Eternidade' faz da loucura do artista Vincent van Gogh um caso de lucidez

Vocação de pescadores de homens

Mostra inédita de Paul Klee começa quarta-feira em São Paulo