A Misericórdia do Deus eterno

Padre Geovane Saraiva*
Pe. Geovane SaraivaO Regina Caeli é a oração mariana que assume o lugar do Angelus, oração e louvor dos católicos por ocasião do Tempo Pascal, que vai do Domingo de Páscoa até a Festa de Pentecostes, numa maneira de consagrar o dia a Deus e à Virgem Maria. É o convite da Igreja aos seguidores de Jesus de Nazaré, agradecida e exultando de alegria pela ressurreição do Filho de Deus, sem jamais se separar do mistério da encarnação do Senhor. O Papa Francisco assim se pronunciou no Regina Caeli (23/04/2017): "A experiência da misericórdia abre a porta da mente para compreender melhor o mistério de Deus e da nossa existência pessoal". Ressaltou igualmente que "a misericórdia abre a porta do coração e permite expressar a proximidade, sobretudo, aos que estão sós e marginalizados, porque os faz sentir irmãos e filhos de um só Pai".

Resultado de imagem para regina coeliRender graças ao bom Deus - porque sua misericórdia é eterna - significa acreditar que a única saída é a vida renovada na Páscoa do Senhor, proporcionando a superação de todo medo. O convite é para que, repletos de feliz esperança, com os olhos fixos na fé e no testemunho, voltemo-nos, evidentemente, para Jesus ressuscitado e seu maravilhoso projeto de amor. Pela generosidade, doação e renúncia, somos chamados a provar a nossa fé no contexto misterioso da ressurreição. Jesus ressuscitado, ao se apresentar aos discípulos, oferece-lhes a paz, infundindo neles a vida e a esperança, revela o verdadeiro sentido da alegria pascal.

O nosso mundo hodierno, tão diverso, vive envolto em sinais de mortes, exigências e desafios.  Nossa esperança, porém, está em um Deus que não está longe, à margem do mundo e da criatura humana. Urge vê-Lo sempre mais próximo, no convite sempre renovado, a partir de sua morte de cruz e sua Páscoa, a uma generosa entrega, ao oferecer tudo de que precisamos, dando-nos também força e vigor, indispensáveis para prosseguirmos com segurança na construção do nosso futuro definitivo. Deus nos conceda sempre mais a graça de abraçar o mistério tão excelso, em uma sólida firmeza de fé e de coragem profética, apoiando-nos nas armas do amor, que têm origem no Senhor ressuscitado.

Que neste Ano Mariano/2017, dos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida, fique a lição de ânimo e esperança, vivenciada por Maria, agora no Tempo Pascal, com o Regina Caeli: “Ó Deus, que Vos dignastes alegrar o mundo com a Ressurreição do Vosso Filho Jesus Cristo, Senhor Nosso, concedei-nos, Vos suplicamos, que por sua Mãe, a Virgem Maria, alcancemos as alegrias da vida eterna. Por Cristo, Senhor Nosso”. Amém!

*Pároco de Santo Afonso, Jornalista, Vice-Presidente da Previdência Sacerdotal, integra a  Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza - geovanesaraiva@gmail.com  

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado