Pular para o conteúdo principal

Crianças com deficiência poderão desfrutar da praia graças à doação do Papa

(ACI).- O Papa Francisco apoiará o projeto “La Madonnina”, da Associação Opera San Luigi Gonzaga “Opera d'Amore”, em favor de crianças com deficiência.
Assim anunciou Dom Konrad Krajewski, Esmoleiro de Sua Santidade, através de um comunicado divulgado pela Esmolaria Apostólica da Santa Sé.
“La Madonnina” é um projeto cuja finalidade é facilitar o acesso das crianças com deficiência ou problemas de mobilidade à praia. Com esta finalidade, a Associação aluga uma praia na costa de Fiumicino, província de Lazio, perto da cidade de Roma, para instalar uma área de banho aberta a todos, mas com medidas de acessibilidade especiais para pessoas que têm dificuldades para se locomover.
Fontes da Associação asseguraram sentir “entusiasmo e surpresa” por este anúncio que tem um forte apoio, e também um reconhecimento ao seu trabalho em favor dessas crianças.
Esta praia, aberta desde 2012, é o único espaço do litoral romano capaz de garantir eficazmente uma adequada acolhida às pessoas com deficiência. Para isso, tem uma infraestrutura específica e uma equipe qualificada.
Essa equipe, responsável pela atenção médica e pela vigilância, procede da Federação Italiana de Natação Paraolímpica.
A contribuição do Santo Padre, a qual não se sabe o valor, será destinada para o pagamento do aluguel anual da praia, que é totalmente administrada pelos voluntários da Associação.
Os promotores desta ideia tiveram muito cuidado a fim de que a praia seja um lugar de uma verdadeira integração, impedindo que se torne um lugar de gueto ou de estigmatização. O objetivo é que cada criança possa desfrutar do mar sem barreiras “arquitetônicas nem mentais”.
Segundo asseguram os responsáveis por esta praia, “La Madonnina” descobre “a importância da atenção aos outros, da singularidade do ser humano, independentemente que tenha ou não uma deficiência. Descobre que cada ser humano é fonte de bem-estar do outro somente ao escutar as necessidades dos outros”.
“A partir do momento que começamos esta aventura no balneário ‘La Madonnnina’, começamos a respirar novos ares, um ambiente onde percebemos o ‘amor’ que gera o ‘amor’ no outro, o amor pelo próximo e o amor pela vida”, indicam.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …