Pular para o conteúdo principal

Festival de Cannes 2017: veja programação e números do evento

Apresentação da programaçaõ completa do Festival de Cannes 2017: o delegado do evento, Thierry Fremaux (à esquerda) e o presidente do Festival de Cannes, Pierre Lescure, posam diante do pôster oficial, após a entrevista coletiva nesta quinta-feira (13) (Foto: Philippe Wojazer/Reuters)
A organização do 70º Festival de Cannes divulgou nesta quinta-feira (13) a sua programação completa.
A edição 2017 do evento, um dos principais do cinema internacional, vai acontecer de 17 a 28 de maio. Ao todo, 18 filmes vão disputar a Palma de Ouro.

Veja, abaixo, números do Festival de Cannes 2017:

  • 49 longas-metragens (de 29 países) foram selecionados a partir de um total de 1.930 propostos. Esses números contam contando com os trabalhos apresentados fora de competição, em sessões da meia-noite ou mostras especiais. O número de filmes inscritos em 2016 tinha sido de 1.869.
  • Dos 49 selecionados, 18 longas estão em competição pela Palma de Ouro.
  • E 16 serão exibidos na mostra paralela Un certain regard (Um certo olhar).
  • Entre os diretores que disputam a Palma de Ouro, apenas o austríaco Michael Haneke já foi premiado: por "A fita branca" (2009) e "Amour" (2012).
  • Dos 18 filmes que concorrem à Palma de Ouro, quatro são assinados por cineastas franceses, quatro por americanos, dois por coreanos, um por um húngaro, um por um britânico, um por um austríaco, um por um russo, um por um ucraniano, um por um grego, um por um alemão e um por um japonês.
  • Trêss mulheres cineastas estão disputando a Palma de Ouro, o mesmo número que no ano passado: a americana Sofia Coppola, a japonesa Naomi Kawase e a britânica Lynne Ramsay.

Veja a lista de filmes que disputal a Palma de Ouro em Cannes:

– "Loveless", de Andrey Zvyagintsev
– "Good Time", de Benny Safdie e Josh Safdie
– "You were never really Here", de Lynne Ramsay
– "L'Amant double", de François Ozon
– "Jupiter's Moon", de Kornél Mandruczo
– "A gentle creature", de Sergei Loznitsa
– "The Killing of a sacred deer", de Yorgos Lanthimos
– "Radiance", de Naomi Kawase
– "Le jour d'après", de Hong Sangsoo

Do G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08