Instituto Tomie Ohtake recebe exposição sobre Yoko Ono

A partir deste sábado (1), o Instituto Tomie Ohtake recebe a exposição “O céu ainda é azul, você sabe...”, que pretende mostrar o que define a carreira de Yoko Ono. Com curadoria do islandês Gunner B. Kvaran, a intenção da mostra que vai até o dia 28 de maio é propor uma viagem pela noção da própria arte, com engajamento político e social.

A exposição é formada por 65 peças de “Instruções”, que evocam a participação do espectador para sua realização. São trabalhos criados a partir de 1955, quando ela compôs a sua primeira obra instrução, Lighting Piece / Peça de Acender (1955), "acenda um fósforo e assista até que se apague".

Na exposição constam, dentro outros, dois filmes que contam com a participação de John Lennon. O ex-Beatle foi codiretor em “Estupro” (1969) e assina a trilha de “Liberdade” (1970). A performance icônica da artista em 1964, no Carnegie Hall (Nova York), na qual o público teve a oportunidade de cortar um pedaço de sua roupa e levar consigo também está presente na mostra, registrada em filme.

Os ingressos custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Nesta sábado (1º), abertura da exposição, a entrada é gratuita. Crianças até 10 anos, cadeirantes e deficientes físicos têm entrada gratuita todos os dias da exposição.

Serviço

Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima 201 - Complexo Aché Cultural
(Entrada pela Rua Coropés 88) - Pinheiros SP – 
Estação Faria Lima/Linha 4 - Amarela 
Vendas: www.ingresso.com e bilheteria do local

G1

Comentários

Mais Visitadas

Erasmo Carlos tem retratados seus dias de Jovem Guarda em 'Minha Fama de Mau'

Monteiro Lobato é tema de contação de histórias em livrarias de São Paulo

Filme 'No Portal da Eternidade' faz da loucura do artista Vincent van Gogh um caso de lucidez

Vocação de pescadores de homens

Mostra inédita de Paul Klee começa quarta-feira em São Paulo