Oito em cada 10 alunos dizem ficar ansiosos com provas

O Brasil é o segundo na proporção de estudantes que dizem ficar ansiosos.
17,5% dos estudantes brasileiros disseram já ter sido alvo de algum tipo de bullying.
17,5% dos estudantes brasileiros disseram já ter sido alvo de algum tipo de bullying. (Reprodução)

Oito em cada dez estudantes brasileiros dizem sentir muita ansiedade em uma prova, mesmo quando estão preparados. Os dados fazem parte de um questionário, com foco no bem-estar de alunos de 15 anos, aplicado em 2015 pelo Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês) em 72 países e divulgado ontem pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).
O Brasil é o segundo na proporção de estudantes que dizem ficar ansiosos durante as avaliações: 80,8% - atrás apenas da Costa Rica (com 81,2%). A taxa é bem superior à média dos países da OCDE, de 55,5%.
A aluna do 1.º ano do ensino médio Rebecca Deslandes, de 15 anos fica ansiosa na hora de fazer provas. "Na minha turma, costumo ser uma das últimas a terminar." Para evitar que isso prejudique seu desempenho acadêmico, ela se organiza para se concentrar nas disciplinas que tem mais dificuldade. Para especialistas, a cultura avaliativa das escolas brasileiras contribui para que o aluno fique pressionado e, portanto, ansioso.
O relatório também mostrou que 17,5% dos estudantes brasileiros disseram já ter sido alvo de algum tipo de bullying na escola. O porcentual é menor do que na maioria dos outros países (a média dos países foi de 18,7%).

Agência Estado

Comentários

Mais Visitadas

Erasmo Carlos tem retratados seus dias de Jovem Guarda em 'Minha Fama de Mau'

Monteiro Lobato é tema de contação de histórias em livrarias de São Paulo

Filme 'No Portal da Eternidade' faz da loucura do artista Vincent van Gogh um caso de lucidez

Vocação de pescadores de homens

Mostra inédita de Paul Klee começa quarta-feira em São Paulo