Estudantes de Morada Nova criam equipamento que alimenta peixes automaticamente

Equipamento custa em média R$ 70 (FOTO: Divulgação)
Estudantes do curso de Aquicultura de Morada Nova criaram um alimentador automático para peixes, o “Arroçoador”, como passaram a chamar a invenção. O aparelho promete diminuir custos na mão de obra e alimentação das espécies de criatórios.
Além disso, o desenvolvimentos dos animais não seria prejudicado por eventuais porções inadequadas da ração, afirmam os estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).
O equipamento é feito à base de PVC, arame galvanizado e sucata de motos de microondas. São gastos R$ 70 por unidade. Por enquanto, a invenção ainda está na fase de testes. Após essa fase, o equipamento deve ser patenteado e produzido industrialmente.

Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

As dores da humanidade

Tudo começa com o caderno de caligrafia

Missão da Unesco faz primeira visita ao Museu Nacional

Livro aborda a memória crítica da escravidão

Bancário faz sua estreia como escritor