Estudantes de Morada Nova criam equipamento que alimenta peixes automaticamente

Equipamento custa em média R$ 70 (FOTO: Divulgação)
Estudantes do curso de Aquicultura de Morada Nova criaram um alimentador automático para peixes, o “Arroçoador”, como passaram a chamar a invenção. O aparelho promete diminuir custos na mão de obra e alimentação das espécies de criatórios.
Além disso, o desenvolvimentos dos animais não seria prejudicado por eventuais porções inadequadas da ração, afirmam os estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).
O equipamento é feito à base de PVC, arame galvanizado e sucata de motos de microondas. São gastos R$ 70 por unidade. Por enquanto, a invenção ainda está na fase de testes. Após essa fase, o equipamento deve ser patenteado e produzido industrialmente.

Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

Físico brasileiro recebe Prêmio Templeton de 2019

Câmara homenageia mulheres que se destacaram na luta por direitos

Capela revestida por milhares de ossos é ponto turístico excêntrico em Portugal

João Carlos Marinho, o gênio dos livros

Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem 2019