Fortaleza realiza primeira caminhada em prol da adoção no domingo

O movimento acontece em mais 24 cidades do Brasil. Em Fortaleza, a I Caminhada da Adoção acontece  a partir das 16 horas, com concentração no Aterrinho da Praia de Iracema

Foto: Divulgação / Evento
Maio é o mês da Adoção e para fortalecer este movimento pela garantia do direito à convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes, os Grupos de Apoio à Adoção de todo o Brasil realizam  caminhadas no próximo domingo, dia 21 de maio. As caminhadas que acontecem em todos os Estados, organizado pela associação Nacional dos Grupos de Apoio À Adoção (Angaad), pretende dar visibilidade À causa. Em Fortaleza, a I Caminhada da Adoção acontece  a partir das 16 horas, com concentração no Aterrinho da Praia de Iracema.

O evento é uma realização dos Grupos de Apoio À Adoção do Ceará, a Acalanto Fortaleza e Rede Adotiva, com o objetivo de  sensibilizar a sociedade para a importância de que toda criança e adolescente viva em família e, ainda, divulgar e quebrar os tabus e preconceitos acerca da filiação adotiva.  Para tanto, durante a caminhada, de um quilômetro de extensão, voluntários das duas entidades estarão panfletando e  tirando dúvidas sobre o processo de adoção.

A Caminhada é aberta à sociedade em geral, famílias por adoção, pretendentes, apoiadores, profissionais da rede,  estudantes e simpatizantes da causa. Como o objetivo é integrar todos os públicos, o percurso não é extenso, vai do Aterrinho ao Aterro da Praia de Iracema,  para garantir a participação das crianças. A programação contempla uma sessão de alongamento com a educadora física Cleane Vieira, venda de kits exclusivos com camiseta e viseira, blusas dos grupos e finaliza com uma linda revoada de pipas com as crianças. A ideia é colorir o céu com os tons da atitude adotiva.

Esta é uma das atividades que marcam o mês da adoção. Nos dia 19, 20 e 21, no Shopping Iguatemi, haverá uma ação de sensibilização promovida pela Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional (Cejai) do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), em parceria com o Ministério Público, Defensoria Pública e os Grupos de Apoio À Adoção. Lá serão ofertados esclarecimentos sobre procedimentos de como adotar, estarão recebendo documentação para a inclusão de pretendentes ao Cadastro Nacional de Adoção, apresentações de adolescentes acolhidos, exibição de vídeos e  demais serviços sobre o tema. No dia 25 de maio haverá uma audiência pública, na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará, para discutir a implantação do Cadastro Nacional de Adoção em todos os municípios.

Dia Nacional da Adoção
Comemorado em 25 de maio, O Dia Nacional da Adoção é marcado pela luta da proteção do direito de cada criança e adolescente de viver no seio de uma família que o ame e o proteja. Foi instituído em 1996, no I Encontro Nacional de Associações e Grupos de Apoio à Adoção (ENAPA), que aconteceu nos dias 24 e 25, em Rio Claro –SP. Seis anos mais tarde, em 2002, a lei foi sancionada sob o nº 10.447. Este ano, de 15 a 17 de junho, Fortaleza sediará o Encontro Nacional, que se tornou o mais importante evento sobre adoção do Brasil.
Os Grupos de Apoio à Adoção (GAAs) e a Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção (ANGAAD) têm ampliado o debate na sociedade sobre os estereótipos e preconceitos relacionados à filiação adotiva, inaugurando uma nova cultura da adoção, privilegiando os interesses da criança e do adolescente, estimulando as adoções necessárias e trabalhando politicamente pelos direitos não só das crianças e adolescentes, mas também dos pais e mães adotivas.

Adoção no Ceará
De acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Ceará ocupa o quinto lugar no ranking de adoções pelo Cadastro Nacional de Adoção (CNA) no Brasil com 52 processos realizados em 2016. O número é maior que em 2015, quando foram 34 adoções, representando um crescimento de 52,9%. No entanto, esses dados mostram, ainda, que todas as adoções aconteceram em Fortaleza. Em muitos municípios do Estado, o CNA não saiu do papel. Portanto, se faz necessário, ainda, ressaltar a necessidade de se falar dos procedimentos que a legislação garante para a uma adoção legal, segura e para sempre.
De acordo com o CNJ, são 535 pretendentes á adoção no Ceará e 192 crianças e adolescentes disponíveis para recolocação em uma família adotiva.

Serviço:
Caminhada da Adoção
Data: 21/5
Horário: 16h (Concentração no Aterrinho da Praia de Iracema)
Percurso: Do Aterrinho ao Aterro da Praia de Iracema
Finaliza a caminhada com Revoada de pipas
Realização: Rede Adotiva e Acalanto Fortaleza
Mais informações:  (85) 98854.1632 e 98900.1390
Facebook: acalanto
Facebook: Rede Adotiva
Com informações da Assessoria de Comunicação
Boa Noticia
 
 

Comentários

Mais Visitadas

Amigos e familiares relembram Patativa do Assaré em especial na TV Verdes Mares

Ednardo deve ser atração no Réveillon de Fortaleza

Campanha "Eu Te Dedico", lançada pelo Verso, incentiva declaração de amor aos livros