Gentileza está relacionada à inteligência emocional

Experiências de vida influenciam atitudes de gentileza ou a falta dela

Élison Santos*
Foto: FredFroese by Getty Images
No interior de Minas Gerais, onde nasci, é comum você cumprimentar as pessoas na rua, mesmo que não as conheça. Nas grandes cidades isso é mais difícil de se ver, mas também é possível encontrar pessoas que se comportam assim. Andando pelas ruas, seja no interior ou nos grandes centros, você encontra pessoas que lhe cumprimentam sérias, pessoas que não lhe cumprimentam e algumas que lhe cumprimentam com um olhar e uma atitude de gentileza. O que estas pessoas têm? Ou, o que as outras não têm? Para o pesquisador Daniel Goleman isto pode ser um fator de inteligência emocional.
A inteligência emocional está relacionada a nossa capacidade de lidar com a vida e seus desafios de forma a manter o bom ânimo e sem perder a alegria e a paciência. De certa forma, quanto mais ampliamos nossa inteligência emocional, mais capazes de conquistar pessoas e suportar problemas nos tornamos. Isso pode nos ajudar no desenvolvimento pessoal e também profissional. As empresas precisam de pessoas que saibam lidar com problemas e consigam, ao mesmo tempo, manter a calma e o ânimo do grupo. Como está sua inteligência emocional?
Um dos fatores que podem influenciar nossa falta de gentileza são as experiências negativas que tivemos em nossa vida. A falta de um ambiente saudável na infância, a falta de amor na família, falta de motivação e incentivo no processo de desenvolvimento na infância, tudo isso são fatores que contribuem para que criemos um mecanismo de defesa contra as pessoas. A timidez pode ser um sinal deste mecanismo, a pessoa tímida faz de tudo para não ser vista, observada e muito menos avaliada, ela teme que seja boa o suficiente para ser aceita pelo grupo e por isso se defende em um lugar onde faz de tudo para não demonstrar suas emoções e pensamentos.
Embora, muitos tragam traumas e histórias que contribuíram para um desenvolvimento frágil da inteligência emocional, todos somos capazes de desenvolver esta inteligência, pois ela está fundamentada em nossa unicidade, ou seja, se não há ninguém igual a mim no mundo, então o meu lugar está garantido e eu preciso tomar posse deste lugar, pois se eu não o fizer, ninguém mais o fará. Por vezes, podemos precisar de uma ajuda, seja com um psicólogo ou com algumas leituras de livros, uma mudança na rotina do dia-a-dia, ingressar em grupos de estudos, de exercícios físicos, de esportes, religiosos, sociais ou culturais. Nossa mente é um poderoso dom que recebemos e que precisa ser alimentada com boas informações e isso depende da atitude que tomamos, depende também de nossa vontade.
Estes dias, enquanto caminhava em direção ao meu consultório, cumprimentei um senhor que caminhava com seu cachorro, oferecendo-lhe um alegre ‘bom dia!’… ele se surpreendeu e disse, que alegria saber que ainda existem pessoas que nos cumprimentam alegremente! A verdade é que para mim é um motivo de alegria poder cumprimentar as pessoas e sei que para elas também. Enquanto eu tomo a atitude de ser gentil eu faço o bem para quem está próximo a mim e também para mim. Eu alimento minha mente com boas informações e auxílio as pessoas ao meu redor a fazerem o mesmo.
A inteligência emocional também nos auxilia a entender o sentido da vida nas pequenas coisas. Enquanto estamos resolvendo problemas em nossas mentes, a vida está passando, vivemos o dia e a noite, um novo anoitecer e um novo amanhecer, este dia de hoje não mais voltará e ainda que eu tenha problemas para resolver eu não posso perder a oportunidade de ser gentil agora, de oferecer o melhor de mim agora, porque amanhã eu não terei mais a oportunidade de viver o hoje. O paradoxo maravilhoso desta atitude é que quando nossa mente procura ser mais gentil, nós a libertamos para que encontre soluções para os problemas com mais facilidade, pois quando está sob estresse nossa mente tem dificuldades para encontrar soluções.
Portanto, enquanto procura soluções para seus problemas, olhe para o céu, seja grato por mais um dia e olhe para o lado, sorria e ofereça este sorriso para quem está próximo de você. Um abraço!

Canção Nova

Comentários

Mais Visitadas

Papa Francisco sobre os direitos humanos: todos têm o direito de ser felizes

O STF é uma vergonha

Dom Aloísio em nossos corações

Além das aparências