Biografias de músicos cearenses serão lançadas hoje no porto Iracema

O cantor e compositor Ednardo teve sua vida contada no título escrito pelo professor - e também compositor - Wagner Castro SARA MAIA EM 08/09/2015
O cantor e compositor Ednardo teve sua vida contada no título escrito pelo professor - e também compositor - Wagner Castro SARA MAIA EM 08/09/2015
Três histórias que têm em comum a música como pano de fundo, assim são as vidas de Fausto Nilo, Ednardo e Petrúcio Maia. Escritos pelo editor-adjunto de cultura do O POVO, Marcos Sampaio, pelo professor Wagner Castro e pela cantora e jornalista Mona Gadelha, respectivamente, os livros que narram os caminhos desses três personagens serão lançados hoje em evento no Porto Iracema. As obras fazem parte da Coleção Terra Bárbara, publicada pelas Edições Demócrito Rocha.
Para Mona, contar a história de Petrúcio foi uma oportunidade para desvendar os vários lados desse músico cearense. “Me chamou a atenção o interesse dele por outras áreas como gastronomia, o teatro. Ver essa amplitude e ainda esse aspecto dele de pensador”.
A cantora, que já trabalhou diretamente com o compositor à época da gravação do álbum Massafeira (1979), ouviu outros parceiros como Francisco Casaverde e Ricardo Bezerra para remontar essa história. “O texto é um ensaio sobre a vasta obra de Petrúcio”, completa.
Já Marcos Sampaio conta que escrever a biografia de Fausto “foi um prazer por diversos motivos”, primeiro pela oportunidade de se aproximar do autor que marcou sua infância e juventude. “Tendo vivido bem os anos 80, acompanhei como ouvinte a época em que o Fausto foi um dos nossos grandes hitmakers”. Além disso, a obra foi “a oportunidade de dar um grande mergulho na história da música, da sociedade, da boemia e da cultura de Fortaleza”.
Para o lançamento, há um debate com os autores seguido de uma apresentação da Orquestra Popular do Nordeste, projeto que une a música popular e erudita. “Esse projeto é uma pesquisa sobre a música do Ceará e se encaixou perfeitamente com as histórias dos livros”, comenta Mona, que é também coordenadora do laboratório de música do Porto Iracema.
A Orquestra, que é composta originalmente por 12 músicos, se apresenta hoje em um formato menor e interpreta peças de compositores cearenses, desde os primórdios do choro à música contemporânea.
SERVIÇO
Lançamento da Coleção Terra Bárbara
Quando: hoje, 27, às 19 horas
Onde: auditório Porto Iracema (rua Dragão do Mar, 160 - Praia de Iracema)
Telefone: 3219 5865

O Povo

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

15 de novembro de 1889

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

O mundo reconciliado em Cristo

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado