Estudante com síndrome de Down passa no vestibular de direito no Ceará

do BOL, em São Paulo
  • Reprodução/TV Diário
    Willian Vasconcelos superou preconceitos para realizar sonho
    Willian Vasconcelos superou preconceitos para realizar sonho
Quando Willian nasceu, os médicos do posto de saúde não tiveram coragem de dizer aos pais do garoto que ele tinha síndrome de Down, agora, o rapaz de Sobral (CE) se prepara para um novo desafio. Segundo a TV Diário, o jovem cearense passou no vestibular do curso de direito.
Depois de completar o ensino médio em 2016, o caminho para ingressar em uma universidade foi cheio de questões preconceituosas. "Duvidaram da capacidade intelectual dele, fizeram perguntas absurdas, se ele conhecia cores, sabia segurar caneta ou andava só", contou a irmã, Klívia.
Apesar da boa pontuação, a aprovação na universidade pública não veio, mas o estudante conseguiu passar em uma instituição privada no curso que sonhava. "Sempre foi muito estudioso, muito sociável e empenhado, extremamente organizado e disciplinado", descreveu a professora Roberta Araújo.
Outro sonho de Willian, ser ator, vai ter que esperar. O rapaz agora está dedicado a se tornar um bom advogado para poder ajudar sua família.
Vencido o preconceito para passar no vestibular, o desafio agora é conseguir pagar o curso. "Minha preocupação é essa, mas não vou desistir", prometeu a mãe de Willian.
(Com informações da TV Diário)
BOL

Comentários

Mais Visitadas

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

MEU PROFESSOR: MEU SUPER-HERÓI

Morre, aos 92 anos, a escritora Zibia Gasparetto

A Palavra Não