Nova York proíbe casamento antes dos 17 anos

Mais de 3.800 menores se casaram em Nova York entre 2000 e 2010, de acordo com o gabinete do governador.
(Arquivo) Vista de Nova York
(Arquivo) Vista de Nova York (Getty/AFP)

O estado de Nova York, um dos mais progressistas dos Estados Unidos, modificou uma lei de quase um século, a qual permitia o casamento a partir dos 14 anos, e, agora, passa a proibir menores de 17 de se casarem.
O governador democrata Andrew Cuomo ratificou na segunda-feira essa legislação que eleva a idade mínima exigida para se casar de 14 para 18 anos, embora a partir dos 17 essa união já vá ser possível com a autorização dos pais e do juiz.
"Este é um grande passo em nossos esforços para proteger os menores e evitar casamentos forçados. E estou orgulhoso de firmar essa legislação que põe fim ao casamento infantil em Nova York de uma vez por todas", comemorou Cuomo em uma nota.
Mais de 3.800 menores se casaram em Nova York entre 2000 e 2010, de acordo com o gabinete do governador.
Quase 250 mil menores, alguns de apenas 12 anos, casaram-se nos Estados Unidos entre 2000 e 2010. A maioria era meninas entregues para se casarem com homens mais velhos, segundo a Unchained, uma ONG que combate casamentos forçados, ou arranjados.

AFP

Comentários

Mais Visitadas

Dentro da rotina das redes sociais, mulheres dividem as dificuldades e os pontos positivos de expor a maternidade

A Palavra Não

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

Livros com temática de direitos humanos são vandalizados na UnB