Canal no youtube resgata memória artística e cultural no Cariri cearense

por 
Crato. As redes e mídias sociais têm se constituído numa importante ferramenta no resgate cultural e artístico. Neste Município, na região do Cariri, o documentarista Laerto Xenofonte, 48, lançou no mês passado um canal no YouTube cujo objetivo “é resgatar, disseminar e fortalecer a cultura regional e nacional, distribuindo e exibindo conteúdos audiovisuais informativos, culturais e educativos”.
No canal Museu de Arte Kariri, o internauta pode conferir inúmeros vídeos de grandes shows que marcaram época na região, além de documentários e entrevistas com personalidade da terras, como por exemplo Patativa do Assaré e Abdoral Jamacaru. “São centenas de vídeos que carrego comigo ao longo da minha trajetória iniciada na década de 80 e hoje decidi divulgá-los por entender que essas obras pertencem ao grande público. Além disso, os vídeos servirão para que as novas gerações conheçam o que marcou época”, completa Xenofonte.
canal já conta com quase 30 vídeos publicados e, segundo Laerto, a expectativa é lançar pelo menos dois novos vídeos a cada semana. “O acervo é grande. Tenho quase uma milhar de gravações em meus arquivos. Relíquias que até então estavam privadas somente a mim, passarei a compartilhar com o Cariri e com o mundo, através do YouTube”, disse.
Dentre as publicações, algumas pérolas, como no dia em que Naná Vasconcelos saiu de Nova York diretamente para o Cariri. O canal conta ai com trechos de shows de Cassia Eller, Engenheiros do Hawaii, Paralamas do Sucesso, Caviar com Rapadura, Fagner, João do Crato, Irmãos Aniceto. “O internauta também poderá ver a qualidade das gravações. Mesmo que naquela época os equipamentos não fossem tão sofisticados e tecnológicos como são hoje, conseguíamos atingir um excelente grau de profissionalismo”, recorda Laerto Xenofonte.

Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

MASP completa 50 anos de histórias

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado