Pular para o conteúdo principal

Entenda o significado de alguns emojis popularmente usados em redes sociais

Como diz o ditado, “uma imagem vale mais do que mil palavras”. E, no mundo imediato e rápido da internet, os famosos emojis caíram como uma luva, pois, em um click, os internautas podem expressar um sentimento, o que, com palavras, só seria possível fazer com uma frase inteira.
Para Luiz Fernando Soares, pós-graduado em comunicação e marketing em mídias digitais, as redes sociais estão reduzindo, cada vez mais, os textos escritos. Por isso, o emoji entrou no processo como um grande facilitador, e se tornou essencial na comunicação via internet.
“As gírias são mais usadas na internet para otimizar a comunicação, pois essa se dá da forma mais prática e rápida possível. Muitos aplicativos, por exemplo o Twitter, delimitam uma quantidade pequena de carácteres para postagem. Outras como o Facebook estão procurando acabar o máximo possível com a linguagem escrita e trazer todas as informações por imagens e vídeos”.
Ele destaca também que os emojis podem facilitar o entendimento do que se quer expressar. “Os usuários costumam usar gírias e emoticons para ajudar a entender seu sentimento ao expressar uma frase. Por ser virtual e não contar com o receptor fisicamente, algumas frases podem ser entendidas de uma maneira que você não quis. Por exemplo você pode soar rude, agressivo. E os emoticons são uma forma de driblar esse mal entendido”.
Em algumas ocasiões, no entanto, eles podem ser utilizados com ambiguidade de forma intencional. Ou seja, são uma “mão na roda” em qualquer situação.
Do Japão para o mundo
Segundo o site Significados, os primeiros emojis surgiram no Japão na década de 1990, criados por Shigetaka Kurita, um dos membros da NTT DoCoMo, principal empresa de telefonia móvel do Japão. A palavra “emoji” é composta pela junção dos elementos “e”, imagem, e “moji”, letra, e é considerado um pictograma ou ideograma, ou seja, uma imagem que transmitem a ideia de uma palavra ou frase completa.
O desenvolvedor de software australiano Jeremy Burge começou a pesquisar, em 2013, os significados de cada símbolo e criou o site Emojipedia, uma espécie de dicionário de emojis no qual ele explica o que cada um deles representa, qual é sua aparência em cada plataforma de telefonia celular e desde quando eles existem. Quer saber o significado dos emojis mais curiosos? O Tribuna do Ceará separou alguns deles:
Arte: Adriano Paiva/Tribuna do Ceará
Fonte: Emojipedia e BBC.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …