Idosas desfilam em feira na avenida Beira Mar

Ana Rute Ramires
Idosas desfilam em feira na avenida Beira Mar
Envelhecer com alegria e qualidade de vida, além de cuidados com a saúde, requer autoestima elevada, aceitação da própria idade e encarar a vida tendo a beleza como estado de espírito. A receita é resultado da experiência de vida de um grupo de mulheres que, perto de chegar à aposentadoria ou após a etapa, está experimentando entrar no mundo da moda. Cerca de 20 idosas irão desfilar, hoje à noite, na Feira de Artesanato, Moda e Alimentos (Fama), no Aterrinho da Praia de Iracema, com roupas expostas pelos artesãos.
O convite para começar a desfilar surgiu por meio de projetos para a terceira idade que algumas das mulheres participam. Uma foi chamando a outra e, assim, elas começaram a desfilar, cuidar mais da aparência e a se sentirem ainda mais bonitas. A vaidade, no entanto, não se expressa apenas pelo cuidado com a imagem. Alegria de viver, sorrisos, vontade de estarem ativas na sociedade, participando de projetos sociais, por exemplo, demonstram que a busca pela beleza vai além.
Para a aposentada Valéria Serra Azul, 60, é fundamental aceitar o processo de envelhecimento e estar bem com a própria idade. “É bom fazer uma coisa que me valorize, para me manter viva e atuante. A gente tem que aceitar a idade que tem. Seja 15, 30, 50 ou 60. Eu tenho 60 anos e quero estar bem. Eu não quero estar com cara de 40 ou 30, eu quero estar com meus 60 bem!”, frisa.
Ela começou a desfilar a convite da amiga Oneida Pinheiro, 70. “O importante é fazer algo para melhorar a autoestima da pessoa. E desfilar eleva a autoimagem da gente. Já temos desfiles marcados no Shopping Benfica e no Shopping RioMar Kennedy”, avisa. A aposentada participa do projeto Cidadania Ativa, do Serviço Social do Comércio (Sesc), com a amiga Fátima Monte, 68. “Eu acredito que, se você envelhece feliz com a idade que tem, você jamais vai ser um idoso resmungão e que não tem perspectiva do amanhã. Não é porque eu vou fazer 69 anos que eu vou me desleixar”, ressalta Fátima. A aposentada faz parte do projeto Viver Bem, do Shopping Benfica.
“Tivemos um fórum no Benfica. Eu convidei o Felipe Frorrentz, dono de uma agência de modelos, e ele entrou nesse núcleo da terceira idade.
Todo mundo se realizou. Pessoas que nunca haviam desfilado entraram na passarela”, diz. “Quando eu desfilo me sinto maravilhosa! O mais importante é se amar, se querer bem. Olhar para si por fora e por dentro e ver o que há de bom. Se tiver algo que machuca, jogar fora”, aconselha Dema Fonteles, 62.
Feira
A Fama é realizada pela Federação das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Ceará (Femicro-CE) com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), do Governo do Estado e da Prefeitura de Fortaleza.

Serviço
Desfile da Feira de Artesanato, Moda e Alimentos (Fama)
Quando: hoje, às 19 horas
Onde: Aterrinho da Praia de Iracema (em frente ao Hotel Sonata de Iracema)
O POVO online
Veja mais notícias sobre a terceira idade:

Comentários

Mais Visitadas

Físico brasileiro recebe Prêmio Templeton de 2019

Câmara homenageia mulheres que se destacaram na luta por direitos

Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem 2019

José, servo bom e fiel

Primeira edição da Semana de Arte Unifor abraça diversidade de linguagens e expressões