Morre o empresário Airton Queiroz, chanceler da Unifor

Airton Vidal Queiroz morreu nesta segunda-feira (3), em Fortaleza. Ele completaria 71 anos em agosto. Primeiro filho de Edson Queiroz e Yolanda Queiroz, formou-se em economia. Foi peça fundamental para a manutenção da trajetória de pioneirismo e desenvolvimento do Grupo Edson Queiroz, um dos maiores conglomerados empresariais do Brasil.
Após a trágica morte do patriarca, há 35 anos, Airton Queiroz solidificou os rumos da indústria, ao lado da mãe.
Desta forma, ele cresceu os horizontes da Fundação Edson Queiroz, à frente da Universidade de Fortaleza (Unifor), da qual era chanceler. Ele também foi responsável pela ampliação do Sistema Verdes Mares de Comunicação para fora dos limites do Estado.
Membro honorário da Academia Cearense de letras, Airton também colecionador de artes, assim como Celina Queiroz, sua esposa, que morreu há quatro anos.
Após a partida do pai em 1982, Airton assumiu não só o protagonismo nos negócios, mas também a liderança da família, que tinha cinco irmãos. Airton Queiroz deixa dois filhos, Patrícia e Edson Queiroz Neto.

Tribuna do Ceará

Comentários

Mais Visitadas

Reitoria da UECE apoia manifestações em defesa da educação brasileira e das universidades públicas

Maureen Bisilliat se reencontra com o seu sertão e o de Euclides da Cunha na Flip

Deus eleva os humildes

Paraty e Ilha Grande vão se tornar patrimônio da humanidade

VIVENDO E APRENDENDO