Projeto cearense representará o Brasil em torneio de empreendedorismo social em Londres

Criado por alunos do IFCE-Iguatu, o programa foi o vencedor entre os 68 times participantes do Campeonato Nacional Enactus Brasil 2017 em premiação ocorrida na noite da última sexta-feira, dia 21, no Rio de Janeiro

Foto: Divulgação / Assessoria
Alunos do projeto Mudas que irão representar o Brasil na Enactus World Cup, em Londres
Ensinar a comunidade cearense a evitar o desperdício de alimentos por meio de palestras sobre a produção de frutas e hortaliças e a fabricação de bolos, polpas e doces é a proposta do Projeto Mudas. Criado por alunos do IFCE-Iguatu (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará), o programa foi o vencedor entre os 68 times participantes do Campeonato Nacional Enactus Brasil 2017 em premiação ocorrida na noite da última sexta-feira, dia 21, no Rio de Janeiro. O grupo será o representante brasileiro na Enactus World Cup, que acontece em setembro em Londres.
O time foi um dos quatro brasileiros a receberem, este ano, o incentivo de US$ 5 mil cada do Ford Motor Company Fund, braço filantrópico da Ford que promove ações sociais e de empreendedorismo social no Brasil e no mundo. “No começo, o projeto era voltado ao pequeno produtor rural. Com a parceria da Ford, conseguimos expandi-lo com cursos profissionalizantes e a criação de uma fábrica para a produção de polpa, doce e geleia que empoderou mais de 30 mulheres. Temos certeza de que a conquista do prêmio Enactus só foi possível graças a esse apoio. A Ford acreditou e acredita no nosso potencial, e vamos escrever uma linda história juntos”, afirma Kevin Brasil, líder do IFCE-Iguatu. O Projeto Mudas também promove cursos de informática para jovens e feiras de comercialização de produtos e assistência técnica especializada nas áreas de saúde, agricultura e estética.
 
“Nossa estratégia de Responsabilidade Social está baseada nos pilares de educação e sustentabilidade. A parceria com a Enactus nos permite unir essas duas premissas, com impacto positivo nas comunidades e no meio ambiente”, explica Adriane Rocha, gerente de Relações Corporativas da Ford Brasil. “O fato de o projeto vencedor ter sido o time do Ceará torna essa iniciativa ainda mais gratificante, pois conseguimos dar suporte a uma região de grande importância para nós – as operações da Troller estão baseadas na cidade de Horizonte – e com grande demanda por projetos de empreendedorismo social. ”
 
Com informações da assessoria de comunicação

Boa Notícia

Comentários

Mais Visitadas

Físico brasileiro recebe Prêmio Templeton de 2019

Câmara homenageia mulheres que se destacaram na luta por direitos

Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem 2019

José, servo bom e fiel

Primeira edição da Semana de Arte Unifor abraça diversidade de linguagens e expressões