Tradicional festival folclórico do Amazonas começa nesta sexta-feira

Bianca Paiva - Correspondente da Agência Brasil
Festival Folclórico do Amazonas - Ingrid_Anne/Divulgação Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Arquivo)
Festival Folclórico do Amazonas - Ingrid Anne/Divulgação Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Arquivo)
O mais antigo festival folclórico da Região Norte começa nesta sexta-feira (4), às 20h, em Manaus. É o Festival Folclórico do Amazonas, que está em sua edição de número 61. O evento vai reunir 88 atrações até o dia 16 de agosto, no Anfiteatro da Praia Ponta Negra, zona oeste da cidade. Na programação estão previstas apresentações dos grupos e associações folclóricas das categorias prata e bronze, divididos em 12 modalidades, e as cirandas do município de Manacapuru.
Segundo o diretor de Cultura da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Márcio Braz, um trabalho conjunto vai garantir a tranquilidade e a segurança do público.
“Todos os órgãos da prefeitura de Manaus estarão participando da organização do evento. Além disso, teremos as polícias Militar e Civil, o Corpo de Bombeiros e o Samu. Durante os 13 dias do evento estamos preparando uma grande organização para a comodidade de todo o público presente”, informou Braz.
Pela primeira vez, o festival será realizado na Ponta Negra. Antigamente, ocorria no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, na área conhecida como Bola da Suframa, na zona sul de Manaus. A mudança foi um pedido das próprias associações folclóricas. “Eles queriam voltar ao grande tablado, que foi o início do festival em 1957. Queriam que a gente devolvesse o tablado para eles, ainda mais em um ponto turístico como a Ponta Negra”, explicou o diretor.
A abertura do festival será feita pela banda Carrapicho, conhecida nacional e internacionalmente pela música Tic Tic Tac. O músico Zezinho, vocalista do grupo, aprovou o novo local do evento.
“Na Ponta Negra, a gente vê que a produção se agrega ao melhor, até à questão da aceitação da própria população. Sem dúvida, vai ficar muito mais bonito. A gente se sente honrado em estar aqui, em poder abrir, mostrar esse show 100% Carrapicho, com os sucessos do grupo, que tem uma trajetória do forró até o boi-bumbá”, ressaltou Zezinho.
O público do Festival Folclórico do Amazonas também vai contar com uma feira gastronômica, com mais de 30 barracas de doces, salgados, comidas típicas, como tacacá e vatapá, com preços acessíveis, além de barracas com brincadeiras.
Quem quiser conferir a programação completa do evento é só acessar o linkwww.vivamanaus.com/editais

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado