Duas brasileiras são premiadas em concurso de cidadania global

Duas paulistas venceram o concurso sobre cidadania global organizado pelo Education First em 2017. Gabriela Boer, de 17 anos, e Bárbara Aidar, de 15, elaboraram a melhor resposta para a pergunta: "o que significa ser um cidadão global?". As informações são do site da revista Galileu.
Elas disseram que a melhor forma de ser um cidadão global é criando um mundo onde todos sejam ouvidos, um lugar que todos possam ser tratados com respeito. No vídeo, Gabriela fala que um problema nunca afeta um só país, e, por conta disso, ela pensa que a melhor forma de terem mudanças é por meio das lutas da população de cada país.
Bárbara, por sua vez, fez um vídeo interpretando personagens para explicar que, para ser um cidadão global, não deve-se olhar para si mesmo. Com humor, ela diz que cada um deve fazer sua parte para deixar o mundo melhor.
Em agosto passado, elas foram selecionadas para uma visita à Nova York, nos Estados Unidos, com a participação de mais 17 jovens de todo o mundo. Gabriela diz que fez amizades que levará para o resto da vida. Além disso, participou de debates e de um fórum da EF. "Foi incrível", recorda.

Redação O POVO Online

Comentários

Mais Visitadas

A Palavra Não

Dentro da rotina das redes sociais, mulheres dividem as dificuldades e os pontos positivos de expor a maternidade

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

Livros com temática de direitos humanos são vandalizados na UnB

Por Enem, governo adia início do horário de verão para 18 de novembro