Paula Queiroz Frota e Edson Queiroz Neto são empossados na ACLJ

Image-0-Artigo-2290667-1
O Chanceler da Unifor, Edson Queiroz Neto, e a empresária presidente do Conselho de Administração do Grupo Edson Queiroz, Paula Queiroz Frota receberam o diploma em solenidade presidida pelo presidente da Academia Cearense de Letras e Jornalismo (ACLJ), Reginaldo Vasconcelos (Foto: Helene Santos)
A empresária e presidente do Conselho de Administração do Grupo Edson Queiroz, Paula Queiroz Frota e o Chanceler da Universidade de Fortaleza (Unifor), Edson Queiroz Neto, se tornaram membros beneméritos da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo (ACLJ), na noite de ontem, em cerimônia realizada na Academia Cearense de Letras, no Centro de Fortaleza. Eles herdaram os postos de Dona Yolanda Queiroz e do Chanceler Airton Vidal Queiroz. Os agraciados receberam o diploma acadêmico e a beca padronizada da Instituição. O evento foi marcado ainda pela apresentação de pinturas de Vlamir de Sousa do rosto de Airton Queiroz, que integrará a galeria pictórica dos patronos perpétuos da entidade.
Em seu discurso, o Chanceler Edson Queiroz Neto agradeceu à família e aos amigos pela honraria e destacou a responsabilidade de assumir o posto como novo membro benemérito. "Recebemos essa honra com muita alegria e com o objetivo de dar continuidade ao trabalho do meu pai. É o reconhecimento de todo um trabalho da família Queiroz no jornalismo, literatura, artes e outras áreas da cultura. Tentarei me esforçar ao máximo para contribuir com o crescimento da entidade", afirmou.
O presidente da ACLJ, Reginaldo Vasconcelos, destacou que a solenidade foi uma grande homenagem ao legado deixado por Dona Yolanda Queiroz e Airton Vidal Queiroz e acredita que os novos membros têm grande potencial para contribuir com a Instituição. "Gostamos de tradição e nada mais justo que Edson Queiroz Neto e Paula Queiroz Frota herdem esses postos. São pessoas que a Academia reconhece como incentivadores da Cultura. São pessoas que amam a arte e têm predicados para assumir tal honraria", pontuou Vasconcelos.
A reitora da Unifor, Fátima Veras, ressaltou que o título engrandece ainda mais a qualidade e o papel da Instituição para cultura cearense. "É um momento muito importante, em que dois grandes personagens da nossa história estão sendo substituídos por jovens de um grande potencial e promissores, que podem fazer muito por nossa Cultura. Dentro da Academia, eles têm muito a contribuir", aponta.
Lançamento
A solenidade foi marcada ainda pela apresentação da primeira edição do Manual de Redação Jornalística, idealizado e editado pela ACLJ. Segundo o bibliógrafo e presidente emérito da Associação Cearense de Letras (ACL), José Augusto Bezerra, a publicação é uma obra coletiva e tem o papel de orientar profissionais da área.
"O mundo se desenvolveu a partir dos livros. E essa obra foi feita com bastante carinho e com intuito de explicar de uma forma didática a etimologia e outras orientações para profissionais do jornalismo e áreas afins. Além disso, teremos palavras tipicamente cearenses, com respectivos significados. A partir da próxima semana, a publicação já deve estar nas livrarias.
Histórico
A Academia Cearense de Literatura e Jornalismo tem como missão institucional ser fórum permanente de debates sobre a literatura e a mídia nacional, além de defender as letras, as artes e a imprensa cearense, prestigiando seus atuais ícones e preservando a memória dos antigos. Ela conta com 40 membros titulares, entre eles Paulo César Norões, Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez), Evaldo Gouveia e Cândido Albuquerque; e 15 acadêmicos honorários, incluindo Adísia Sá, Fausto Nilo, Narcélio Limaverde, Nilton Almeida, Roberto Cláudio e Valdetário Monteiro. Entre seus patronos estão nomes como Antônio Martins Filho, Barão de Studart, Clóvis Bevilácqua, Edson Queiroz, Eduardo Campos, Perboyre e Silva e Rachel de Queiroz.
O título de membro benemérito da ACLJ é a mais alta dignidade da entidade e é reservado a personalidades que tenham dado notável contribuição à sociedade cearense, no campo cultural ou jornalístico, principalmente instituidores ou mantenedores de instituições fundacionais.

Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

Físico brasileiro recebe Prêmio Templeton de 2019

Câmara homenageia mulheres que se destacaram na luta por direitos

José, servo bom e fiel

Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem 2019

Primeira edição da Semana de Arte Unifor abraça diversidade de linguagens e expressões