Paula Queiroz Frota e Edson Queiroz Neto são empossados na ACLJ

Image-0-Artigo-2290667-1
O Chanceler da Unifor, Edson Queiroz Neto, e a empresária presidente do Conselho de Administração do Grupo Edson Queiroz, Paula Queiroz Frota receberam o diploma em solenidade presidida pelo presidente da Academia Cearense de Letras e Jornalismo (ACLJ), Reginaldo Vasconcelos (Foto: Helene Santos)
A empresária e presidente do Conselho de Administração do Grupo Edson Queiroz, Paula Queiroz Frota e o Chanceler da Universidade de Fortaleza (Unifor), Edson Queiroz Neto, se tornaram membros beneméritos da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo (ACLJ), na noite de ontem, em cerimônia realizada na Academia Cearense de Letras, no Centro de Fortaleza. Eles herdaram os postos de Dona Yolanda Queiroz e do Chanceler Airton Vidal Queiroz. Os agraciados receberam o diploma acadêmico e a beca padronizada da Instituição. O evento foi marcado ainda pela apresentação de pinturas de Vlamir de Sousa do rosto de Airton Queiroz, que integrará a galeria pictórica dos patronos perpétuos da entidade.
Em seu discurso, o Chanceler Edson Queiroz Neto agradeceu à família e aos amigos pela honraria e destacou a responsabilidade de assumir o posto como novo membro benemérito. "Recebemos essa honra com muita alegria e com o objetivo de dar continuidade ao trabalho do meu pai. É o reconhecimento de todo um trabalho da família Queiroz no jornalismo, literatura, artes e outras áreas da cultura. Tentarei me esforçar ao máximo para contribuir com o crescimento da entidade", afirmou.
O presidente da ACLJ, Reginaldo Vasconcelos, destacou que a solenidade foi uma grande homenagem ao legado deixado por Dona Yolanda Queiroz e Airton Vidal Queiroz e acredita que os novos membros têm grande potencial para contribuir com a Instituição. "Gostamos de tradição e nada mais justo que Edson Queiroz Neto e Paula Queiroz Frota herdem esses postos. São pessoas que a Academia reconhece como incentivadores da Cultura. São pessoas que amam a arte e têm predicados para assumir tal honraria", pontuou Vasconcelos.
A reitora da Unifor, Fátima Veras, ressaltou que o título engrandece ainda mais a qualidade e o papel da Instituição para cultura cearense. "É um momento muito importante, em que dois grandes personagens da nossa história estão sendo substituídos por jovens de um grande potencial e promissores, que podem fazer muito por nossa Cultura. Dentro da Academia, eles têm muito a contribuir", aponta.
Lançamento
A solenidade foi marcada ainda pela apresentação da primeira edição do Manual de Redação Jornalística, idealizado e editado pela ACLJ. Segundo o bibliógrafo e presidente emérito da Associação Cearense de Letras (ACL), José Augusto Bezerra, a publicação é uma obra coletiva e tem o papel de orientar profissionais da área.
"O mundo se desenvolveu a partir dos livros. E essa obra foi feita com bastante carinho e com intuito de explicar de uma forma didática a etimologia e outras orientações para profissionais do jornalismo e áreas afins. Além disso, teremos palavras tipicamente cearenses, com respectivos significados. A partir da próxima semana, a publicação já deve estar nas livrarias.
Histórico
A Academia Cearense de Literatura e Jornalismo tem como missão institucional ser fórum permanente de debates sobre a literatura e a mídia nacional, além de defender as letras, as artes e a imprensa cearense, prestigiando seus atuais ícones e preservando a memória dos antigos. Ela conta com 40 membros titulares, entre eles Paulo César Norões, Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez), Evaldo Gouveia e Cândido Albuquerque; e 15 acadêmicos honorários, incluindo Adísia Sá, Fausto Nilo, Narcélio Limaverde, Nilton Almeida, Roberto Cláudio e Valdetário Monteiro. Entre seus patronos estão nomes como Antônio Martins Filho, Barão de Studart, Clóvis Bevilácqua, Edson Queiroz, Eduardo Campos, Perboyre e Silva e Rachel de Queiroz.
O título de membro benemérito da ACLJ é a mais alta dignidade da entidade e é reservado a personalidades que tenham dado notável contribuição à sociedade cearense, no campo cultural ou jornalístico, principalmente instituidores ou mantenedores de instituições fundacionais.

Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

15 de novembro de 1889

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA