Em comemoração aos seus 50 anos, Arievaldo Viana lança novo cordel e prepara livro sobre suas memórias

Ilustração para o livro de Arievaldo Viana
Nascido na fazenda Ouro Preto - antes pertencente a Quixeramobim e hoje parte integrante do município de Madalena -, o artista, xilogravador e poeta passou sua infância e parte da idade adulta no Sertão Central, tendo toda sua formação cultural formada através das cantorias e da leitura do cordel.
"Fui alfabetizado com a ajuda do cordel, era a leitura que mais me agradava, ficava pedindo para minha avó ler 'João Grilo' e a 'Chegada do Lampião no Inferno'", explica Arievaldo. Juntando sílaba por sílaba, o futuro poeta já lia suas histórias sozinho, aos três anos de idade.
Propagador do cordel como ferramenta de educação, desde criança já demonstrava sua veia literária. "Na escola tinha aquelas leituras em voz alta, onde você precisava escolher entre texto de prosa w poesia. Sempre tive preferência pela poesia e procurava textos desse tipo para declamar", ressalta.
Seu novo trabalho pela editora Imeph, "Encontro com a Consciência", será lançado nesta quinta-feira (31), às 19h, no Sesc da Duque de Caxias, dentro do projeto Bazar das Letras. Com mediação do poeta Rouxinol do Rinaré, o evento ainda contará com exposição de xilogravuras do próprio Arievaldo e show de contação ao final.
Além de "Encontro com a Consciência", serão vendidas outras obras do autor. Disponível no site da editora, na ocasião o novo livro de Arievaldo pode ser adquirido por R$ 30.
O artista já fez diversos trabalhos por encomenda, como a adaptação dos contos dos irmãos Grimm para a editora Globo ou parcerias com o ilustrador pernambucano João Oliveira. Entretanto, em muitas obras o artista cearense faz questão de tomar a frente do projeto e assinar tanto o texto quanto as ilustrações - caso de "O Jumento Melindroso: desafiando a ciência" e o próprio "Encontro com a Consciência".
Cordel-romance
A historia de Leonel dos Santos foi passada para Arievaldo Viana como uma história real. "Foi um cidadão que me passou esses escritos, um diário chamado 'Memórias de um caminhoneiro' e dentro desse livro tinha esse texto, 'Encontro com a consciência', no qual percebi uma grande riqueza", conta.
Nesse novo livro, Arievaldo teve a ideia de "ilustrar e prestar homenagem a artistas como: Edmundo Rodrigues e Raimundo Cela. A capa do livro foi inspirada na obra de Cela, do pescador pintando o mar ao sertanejo pintando o sertão".
Escrito em sextilhas e setissílabos, "Encontro com a consciência" está na justa medida do cordel-romance. As rimas bem aplicadas, a narrativa fluente, a presença marcante do falar regional, a abordagem de detalhes emotivos do sertanejo surgem como o tempero que dão sabor à leitura.
Cinco décadas
O autor prepara ainda um balanço de tudo que já produziu ao longo dos seus 50 anos de vida, comemorados em 2017. O xilogravador e poeta prepara um livro de memórias, "No Tempo da Lamparina". Residindo em Canindé dos 12 aos 25 anos, Arievaldo Viana traz seus traços nordestinos em todos os livros que escreveu e ilustrou, mesmo trabalhando com temas urbanos - como fez na adaptação das obras de Cervantes, em que aqui e acolá encontra-se uma palavra nordestina.
Vivendo desde 1993 em Fortaleza, ele fala da dificuldade de se viver somente de literatura no Brasil e lembra que já trabalhou em diversos ofícios ao longo da vida - por exemplo, quando morou em Canindé foi camelô e por conta disso teve oportunidade de conviver com a romaria, que muito o inspirou culturalmente.
Ao longo dessas cinco décadas o autor já publicou 31 livros e cerca de 150 folhetos de cordel, foi premiado em concursos literários e quatro vezes selecionado pelo MEC, através do extinto PNBE (Programa Nacional da Biblioteca na Escola).
Arievaldo já percorreu o Brasil de norte a sul realizando palestras, recitais, oficinas de cordel e xilogravura, dentro do projeto Acorda Cordel na Sala de Aula, por ele criado em 2001, e foi consultor e editor de uma série de programas da TV Brasil, "Salto para o futuro".
Mais informações:
Lançamento do livro "Encontro com a Consciência". Nesta terça (31), às 19h, no Sesc da Duque de Caxias (R. Clarindo de Queiroz, 1740, Centro). Gratuito.
Livro

Encontro com a consciência

Arievaldo Viana
Editora Imeph
2014, 28 páginas
R$ 30

Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

O STF é uma vergonha

Papa Francisco sobre os direitos humanos: todos têm o direito de ser felizes

Dom Aloísio em nossos corações

Além das aparências