Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará começa nesta sexta (6) com programação gratuita

Fernanda Cabral, música nas incubadoras. Foto: André Amaro
Um público bem especial vai marcar a abertura do 7º TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará, que começa nesta sexta-feira, dia 6 de outubro, em Fortaleza: recém-nascidos. Para eles, a cantora, multi-instrumentista, compositora, diretora e atriz Fernanda Cabral, da Cia Studio Sereia, de Brasília, apresenta Música nas Incubadoras. O trabalho reúne melodias vocais e sonoridades acústicas para a recuperação de bebês. São micros concertos apoiados no uso da voz e de diferentes instrumentos musicais que fazem referência simbólica aos quatro elementos da natureza. Este projeto se iniciou em Portugal e passou pela Espanha e por Brasília, tendo reconhecimento das famílias e da comunidade médica. As apresentações vão acontecer no dia 6, pela manhã e à tarde, no Hospital e Maternidade Eugênia Pinheiro, do grupo Hapvida, em Fortaleza.
É também para bebês, o espetáculo Borboletário, novo trabalho do grupo cearense Zepelim conte outra vez, mas a idade do público é um pouco mais “avançada”: 6 meses a 4 anos. Este espetáculo é fruto da participação do grupo na oficina de teatro para bebês ofertada pelo Encontro de Narrativas para a Infância, realizado pelo Tic, em 2014 e 2015. O grupo se apresenta de 6 a 8, no Teatro Sesc Iracema, em Fortaleza, e nos dias 11 e 12 no Theatro São João, em Sobral.
A data da abertura da 7ª edição do TIC será marcada também pela estreia de O Senhor Ventilador, novo espetáculo do Grupo Bagaceira de Teatro, que aposta no teatro de objetos. Este é o quarto espetáculo para o público infantil, dentre os 16 montados pelo grupo, fundado há 17 anos. As apresentações acontecem no dia 6 no Teatro Dragão do Mar, e no dia 11 no Teatro do Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ).
Com programação totalmente gratuita, o festival acontece de 6 a 12 em Fortaleza e de 11 a 16 em Sobral, realizando 40 sessões de espetáculos de artistas de diversos países, mesclando diferentes linguagens, estéticas e dramaturgias para todas as idades. É apresentado pelo Ministério da Cultura, Caixa e Enel, o 7º Tic é uma realização do Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura (via Lei de Incentivo à Cultura).
Do exterior, os espetáculos serão apresentados por artistas da Bélgica, Bósnia, Dinamarca, Espanha, Israel, Itália e Peru e as atrações nacionais são do Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Distrito Federal. A França também estará presente com a Mostra Tic na Tela, que acontecerá nos dias 7, 8 e 12 no Cinema do Dragão, com a exibição de curtas de animação produzidos na França. Serão cinco sessões destinadas a crianças com até 6 anos e cinco sessões para crianças a partir de 6 anos.

Mais destaques

Quem também está de volta aos palcos cearenses é a Cia Pequod, do Rio de Janeiro, que traz seu novo espetáculo, Ovelha Negra. Em cena, bonecos e atores cantam num show ao vivo músicas do repertório de Rita Lee. A montagem será conferida pelo público de Fortaleza, nos dias 11 e 12.
Do Paraná, a Cia dos Palhaços apresenta a comédia musical Concerto em Ri Maior, um divertido espetáculo que mescla música, dança, improvisação, participação da plateia e, claro, muita palhaçada. Criado em 2004, o grupo é hoje composto por Eliezer Vander Brock (Palhaço Wilson), Felipe Ternes (Palhaço Sarrafo) e Nathalia Luiz (Palhaça Tinoca). O público poderá conferir o espetáculo no dia 12 em Fortaleza e dia 13 em Sobral.
O Bricoleiros, considerado um dos principais grupos de teatro de animação do Ceará, apresenta o espetáculo Alika e o mundo às avessas. Fundado em 2004, o grupo, detentor de técnicas de confecção e de animação de marionetes, já circulou por diferentes cidades brasileiras e fora do país. A apresentação será no dia 10 em Fortaleza, com libras e audiodescrição.
O K’Os Coletivo, do Ceará, é quem encerra a programação em Sobral, onde apresenta nos dias 15 e 16 seu mais recente trabalho, Guerra de Cup&Cake, uma comédia com palhaços, destinada a público de todas as idades.

Música

A cantora, violonista e compositora Badi Assad, uma das artistas mais inovadoras e singulares da música brasileira, traz ao festival o show musical Cantos de Casa. Transcendendo suas raízes brasileiras, ela faz uma mistura que vai desde a MPB, pop e world music, até o jazz e sons étnicos de todo o mundo. Sua apresentação encerra a programação em Fortaleza no dia 12 e será conferida pelo público de Sobral no dia 15.

Ilustra Tic

O Festival de Teatro Infantil do Ceará repete uma atividade que encantou o público infantil na edição de 2016, o Ilustra Tic. Ilustradores e crianças serão os criadores das obras de artes que darão o brilho na programação do Dia das Crianças, em Fortaleza, a partir das 16 horas na Praça Verde do Dragão do Mar. A ação contará com a participação dos artistas Rafael Limaverde, Julião Junior e Thyago Cabral, que vão criar personagens em esculturas de caixas de papelão.
Com essa diversidade dos palcos, o Tic tem a proposta de oferecer uma mistura de atrações artísticas de qualidade para todos os gostos, como uma salada de frutas, cheia de cores, texturas e sabores, pronta para proporcionar ao público inúmeras sensações.

Serviço

7º TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará. De 6 a 12 de outubro em Fortaleza e de 11 a 16 em Sobral. Informações: (85)3048.6077. Email: fest.teatroinfantil@gmail.com. Site: www.festivaltic.com.br.
Programação gratuita.

Com informações da Assessoria do Evento
Boa Notícia

Comentários

Mais Visitadas

José, servo bom e fiel

Câmara homenageia mulheres que se destacaram na luta por direitos

Nossos escritores

Físico brasileiro recebe Prêmio Templeton de 2019

Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem 2019