Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará começa nesta sexta (6) com programação gratuita

Fernanda Cabral, música nas incubadoras. Foto: André Amaro
Um público bem especial vai marcar a abertura do 7º TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará, que começa nesta sexta-feira, dia 6 de outubro, em Fortaleza: recém-nascidos. Para eles, a cantora, multi-instrumentista, compositora, diretora e atriz Fernanda Cabral, da Cia Studio Sereia, de Brasília, apresenta Música nas Incubadoras. O trabalho reúne melodias vocais e sonoridades acústicas para a recuperação de bebês. São micros concertos apoiados no uso da voz e de diferentes instrumentos musicais que fazem referência simbólica aos quatro elementos da natureza. Este projeto se iniciou em Portugal e passou pela Espanha e por Brasília, tendo reconhecimento das famílias e da comunidade médica. As apresentações vão acontecer no dia 6, pela manhã e à tarde, no Hospital e Maternidade Eugênia Pinheiro, do grupo Hapvida, em Fortaleza.
É também para bebês, o espetáculo Borboletário, novo trabalho do grupo cearense Zepelim conte outra vez, mas a idade do público é um pouco mais “avançada”: 6 meses a 4 anos. Este espetáculo é fruto da participação do grupo na oficina de teatro para bebês ofertada pelo Encontro de Narrativas para a Infância, realizado pelo Tic, em 2014 e 2015. O grupo se apresenta de 6 a 8, no Teatro Sesc Iracema, em Fortaleza, e nos dias 11 e 12 no Theatro São João, em Sobral.
A data da abertura da 7ª edição do TIC será marcada também pela estreia de O Senhor Ventilador, novo espetáculo do Grupo Bagaceira de Teatro, que aposta no teatro de objetos. Este é o quarto espetáculo para o público infantil, dentre os 16 montados pelo grupo, fundado há 17 anos. As apresentações acontecem no dia 6 no Teatro Dragão do Mar, e no dia 11 no Teatro do Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ).
Com programação totalmente gratuita, o festival acontece de 6 a 12 em Fortaleza e de 11 a 16 em Sobral, realizando 40 sessões de espetáculos de artistas de diversos países, mesclando diferentes linguagens, estéticas e dramaturgias para todas as idades. É apresentado pelo Ministério da Cultura, Caixa e Enel, o 7º Tic é uma realização do Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura (via Lei de Incentivo à Cultura).
Do exterior, os espetáculos serão apresentados por artistas da Bélgica, Bósnia, Dinamarca, Espanha, Israel, Itália e Peru e as atrações nacionais são do Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Distrito Federal. A França também estará presente com a Mostra Tic na Tela, que acontecerá nos dias 7, 8 e 12 no Cinema do Dragão, com a exibição de curtas de animação produzidos na França. Serão cinco sessões destinadas a crianças com até 6 anos e cinco sessões para crianças a partir de 6 anos.

Mais destaques

Quem também está de volta aos palcos cearenses é a Cia Pequod, do Rio de Janeiro, que traz seu novo espetáculo, Ovelha Negra. Em cena, bonecos e atores cantam num show ao vivo músicas do repertório de Rita Lee. A montagem será conferida pelo público de Fortaleza, nos dias 11 e 12.
Do Paraná, a Cia dos Palhaços apresenta a comédia musical Concerto em Ri Maior, um divertido espetáculo que mescla música, dança, improvisação, participação da plateia e, claro, muita palhaçada. Criado em 2004, o grupo é hoje composto por Eliezer Vander Brock (Palhaço Wilson), Felipe Ternes (Palhaço Sarrafo) e Nathalia Luiz (Palhaça Tinoca). O público poderá conferir o espetáculo no dia 12 em Fortaleza e dia 13 em Sobral.
O Bricoleiros, considerado um dos principais grupos de teatro de animação do Ceará, apresenta o espetáculo Alika e o mundo às avessas. Fundado em 2004, o grupo, detentor de técnicas de confecção e de animação de marionetes, já circulou por diferentes cidades brasileiras e fora do país. A apresentação será no dia 10 em Fortaleza, com libras e audiodescrição.
O K’Os Coletivo, do Ceará, é quem encerra a programação em Sobral, onde apresenta nos dias 15 e 16 seu mais recente trabalho, Guerra de Cup&Cake, uma comédia com palhaços, destinada a público de todas as idades.

Música

A cantora, violonista e compositora Badi Assad, uma das artistas mais inovadoras e singulares da música brasileira, traz ao festival o show musical Cantos de Casa. Transcendendo suas raízes brasileiras, ela faz uma mistura que vai desde a MPB, pop e world music, até o jazz e sons étnicos de todo o mundo. Sua apresentação encerra a programação em Fortaleza no dia 12 e será conferida pelo público de Sobral no dia 15.

Ilustra Tic

O Festival de Teatro Infantil do Ceará repete uma atividade que encantou o público infantil na edição de 2016, o Ilustra Tic. Ilustradores e crianças serão os criadores das obras de artes que darão o brilho na programação do Dia das Crianças, em Fortaleza, a partir das 16 horas na Praça Verde do Dragão do Mar. A ação contará com a participação dos artistas Rafael Limaverde, Julião Junior e Thyago Cabral, que vão criar personagens em esculturas de caixas de papelão.
Com essa diversidade dos palcos, o Tic tem a proposta de oferecer uma mistura de atrações artísticas de qualidade para todos os gostos, como uma salada de frutas, cheia de cores, texturas e sabores, pronta para proporcionar ao público inúmeras sensações.

Serviço

7º TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará. De 6 a 12 de outubro em Fortaleza e de 11 a 16 em Sobral. Informações: (85)3048.6077. Email: fest.teatroinfantil@gmail.com. Site: www.festivaltic.com.br.
Programação gratuita.

Com informações da Assessoria do Evento
Boa Notícia

Comentários

Mais Visitadas

As dores da humanidade

Tudo começa com o caderno de caligrafia

14 etnias não têm seu idioma original preservado no Estado do Ceará

Intolerância: arma dos preconceituosos

Adjetivando a vida