Pular para o conteúdo principal

Festival Concreto deixa Fortaleza mais colorida


O Centro de Eventos e a passarela defronte ao prédio foram alguns dos pontos escolhidos pelo Festival Concreto. Os locais ganharam pinturas coloridas que agrada a quem passa pelos equipamentos (Foto: Saulo Roberto)
Desde o último dia 10 de novembro Fortaleza está mais colorida. A arte ganhou os muros, entre outras estruturas da cidade, através das intervenções de artistas cearenses, de outros estados e até internacionais, que participam da 4º edição do Festival Concreto. O evento, que segue até este fim de semana, invadiu diversos pontos da Capital cearense como o Centro Cultural Dragão do Mar, Porto Iracema das Artes, Centros Sócio-Educacionais, Hotel Sonata, entre outros pontos de Fortaleza.
De acordo com Alberto Gadanha, produtor do Festival, o retorno do público tem sido positivo e sintomático. "A ideia do Festival é não ser somente um evento que traz o artista pra pintar e acabou. É importante que exista uma troca com a cidade. Nesse sentido, tentamos abranger diferentes espaços da Cidade. É sempre muito positivo o retorno da sociedade. Está com um nível de aceitação muito grande. Muitas pessoas que moram perto ou passam pelos locais elogiam e fazem comentários positivos. É bem legal esse retorno", afirma.
Curiosidade
Vanessa Galdeano, artista do duo argentino Medianeras e participante do evento, conta que está empolgada em poder deixar sua marca na Capital cearense. Sua arte, um caracol gigante pintado no paredão lateral do Centro de Eventos do Ceará, tem causado curiosidade entre o público que passa pelo local. "Muita gente que passa por aqui se emociona, tem curiosidade ou até mesmo questiona. É nossa primeira vez em Fortaleza e está sendo uma experiência muito enriquecedora. Essas intervenções contribuem para deixar os locais com um pouco mais de vida e alegre", revela.
Lorena Lopes, estudante universitária, disse ser a favor das intervenções artísticas realizadas durante o Festival Concreto. "Sou a favor de todas as manifestações culturais. Nesse caso, o colorido dá um novo ar à cidade. Só vem a contribuir. Fortaleza agora é mais uma cidade a entrar nesse tipo de experiência, como já acontece em outros lugares do mundo", pontua.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Participe da Coletânea "100 Poetas e 100 Sonetos"

O Instituto Horácio Dídimo de Arte, Cultura e Espiritualidade está selecionando 100 poetas para compor a Coletânea “100 Poetas e 100 Sonetos”. Os sonetos são de tema livre e devem ser metrificados em qualquer tamanho ou estilo, rimados ou não. 

Não haverá taxa de inscrição e nem obrigatoriedade de aquisição do livro pelos participantes, que em contrapartida cedem seus direitos autorais. 

A data e local do lançamento da coletânea serão definidos posteriormente. 

Para participar, envie o seu soneto para o email ihd@institutohoraciodidimo.org ou pelo formulário até 10/07/2019 com uma breve biografia.

Por https://institutohoraciodidimo.org/2019/06/11/coletanea-100-poetas-e-100-sonetos/