Pular para o conteúdo principal

Itália proíbe uso comercial não autorizado do ‘Davi’, de Michelangelo

Restauração do 'David' de Miguel Ángel, em fevereiro de 2016.
A imagem da célebre escultura Davi, do gênio renascentista Michelangelo, não poderá mais ser empregada com fins comerciais sem autorização prévia, conforme uma decisão proferida nesta sexta-feira pelo Tribunal de Florença (Itália). A partir de agora as empresas italianas ou europeias que desejarem reproduzir a imagem do Davi em seus produtos terão de obter a autorização da Galeria da Academia, o museu que a abriga, e pagar as taxas correspondentes.
A Justiça aceitou assim a solicitação da Advocacia do Estado contra a atividade de uma empresa que aparentemente vendia ingressos para a Galeria estampadas com a imagem da estátua, por um preço superior ao da bilheteria oficial.
No regulamento, conhecido como “anticambista”, o Tribunal de Florença (região central da Itália) intima a companhia turística a retirar todas as imagens do Davide seus produtos e a publicar o texto da sentença no seu site e em três jornais.
O ministro italiano da Cultura, Dario Franceschini, elogiou o regulamento, que servirá para aplacar “os muitos casos de revenda pela Internet e de uso impróprio das imagens do patrimônio cultural” sem autorização prévia.
“Embora o Código dos Bens Culturais seja muito claro sobre esse tema, ainda há muitos casos (...). Este regulamento representa um importante passo à frente na proteção dos direitos dos consumidores e das obras custodiadas nos museus italianos”, afirma o ministro em nota.
A monumental escultura, realizada em mármore pelo gênio Michelangelo Buonarroti entre 1501 e 1504, é um dos símbolos da Itália e da cultura italiana, presente numa enorme variedade de souvenires.
El País

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …