Pular para o conteúdo principal

Obra de Socorro Acioli é apresentada no InConto Marcado

Obra de Socorro Acioli, Plantou Palavra, Colheu Poesia terá adaptação no InConto Marcado PAULO WINZ/ DIVULGAÇÃO
Obra de Socorro Acioli, Plantou Palavra, Colheu Poesia terá adaptação no InConto Marcado PAULO WINZ/ DIVULGAÇÃO
Democratizar o acesso à arte, formar plateia e incentivar a leitura, principalmente de literatura brasileira. É esse o objetivo do InConto Marcado, teatro itinerante que já existe há seis anos. A adaptação dramatúrgica de Plantou Palavra, Colheu Poesia, de Socorro Acioli, terceira produção do projeto, terá sua estreia hoje e amanhã, em Paracuru. Dessa vez, a poesia será levada também para outras duas cidades do interior do Ceará: Marco (dias 22 e 23/11) e Guaiúba (6 e 7/12). Além da peça, também serão ofertadas oficinas de teatro para professores de escolas públicas. Toda a programação é gratuita.
Segundo a atriz, produtora cultural e idealizadora do projeto, Daniele Yanes, a escolha da obra de Socorro Acioli teve como fim “manifestar admiração e gratidão aos autores, poetas e cantadores nordestinos”. Além da obra da autora, também será dado um destaque à literatura de cordel por meio do livro Miolo da Rapadura, do cordelista Klévisson Viana. Esta é a primeira vez em que outros gêneros são utilizados na apresentação, que antes só adaptava contos.
A temática da poesia é bastante presente nesta apresentação. Plantou Palavra, Colheu Poesia conta a história de Francisco, um menino retirante que vai para Assaré e conhece Francisco, um agricultor poeta. A partir daí, ele se interessa pelo mistério das palavras, querendo aprender como fazer versos.
O InConto Marcado já visitou 22 cidades do interior do Ceará. Já tiveram acesso ao espetáculo cerca de 25 mil alunos de ensino fundamental da rede pública, dos quais, segundo Daniele Yanes, 95% nunca havia assistido a uma peça de teatro. Desta vez, a produção espera receber mais de mil crianças em cada um dos seis dias de apresentação nas diferentes cidades. Dentre as expectativas para o futuro, a vontade de viajar para o máximo de cidades possível e fazer itinerância nacional são as principais.
Para a atriz e diretora do espetáculo, Geovana Pires, a poesia não é discutida atualmente dentro das escolas da forma que deveria ser. Ela diz que existe a necessidade de “falar a poesia como quem conversa”, de “levar a poesia para o cotidiano”. Na peça, isso é feito a partir da Festa da Palavra, na qual os poemas são citados dentro das falas dos personagens, só depois identificando-os como poesia e falando seus autores. Segundo ela, isso mostra “como, com as palavras, a gente pode fazer uma festa”.
SERVIÇO
InConto Marcado apresenta Plantou Palavra, Colheu Poesia, de Socorro Acioli
Onde: Paracuru, dias 8 e 9 de novembro, no Colégio Padre João da Rocha (Rua Desembargador Pontes Vieira, 575 – Centro); Marco, dias 23 e 24 de novembro, na EEF Manoel Paterno Silva (Avenida Prefeito Guido Osterno, 631 – Centro); Guaiúba, dias 6 e 7 de dezembro, EEBM Manuel Baltazar de Freitas (Rua Dr. Leiria de Andrade, 409 – Centro).
Sempre às 9 horas e às 14h30min
Acesso gratuito
Outras inf: facebook.com/incontomarcado
O Povo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …