Pular para o conteúdo principal

ABL disponibiliza na internet o site ‘Memórias do I Centenário’ (1997) e libera para o grande público as mais relevantes ações comemorativas de seus 100 anos

A Academia Brasileira de Letras disponibilizou na Internet, a partir do dia 13 de dezembro, o site “Memórias do I Centenário”, que teve como objetivo resgatar as inúmeras ações comemorativas de seus 100 anos de fundação, assim como liberá-las, num único lugar, para o grande público. A iniciativa foi da Acadêmica Nélida Piñon, primeira mulher a presidir a ABL, justamente no ano de 1997.
De acordo com a Acadêmica, o propósito do site “representa algo como se fosse, literalmente, a busca do Santo Graal, a missão de trabalhar sobre um importante momento da instituição, assim como para o destino do Brasil. Convido a todos para visitá-lo. Está primoroso e permite que se tenha uma noção concreta de tudo que foi feito naquele centenário. Foram fatos da nossa História que não podem ser apagados. O público terá a oportunidade de conhecer as mais relevantes ações comemorativas dos 100 anos da ABL”.
Essas ações exigiram um extenso levantamento de informações sobre aquele ano, embora admita-se que é possível que ainda haja mais conteúdo a se agregar, caracterizando um esforço de continuidade que se fará necessário após o lançamento do projeto. Independentemente dessa inconclusão, o site permite que pesquisadores do Brasil e do exterior tenham acesso a um conteúdo de qualidade e de importância na formação acadêmica e cultural de um amplo público-alvo.
O projeto apresenta oito tópicos principais, subdivididos em seções, de forma a organizar as informações e permitir uma visualização objetiva do conteúdo pelo internauta. Os tópicos principais são: a História da ABL; o Ano do Centenário; as Comemorações; os AcadêmicosHomenagensFotosVídeos; e Boletins. Na seção História da ABL, por exemplo, o conteúdo é composto de textos do Acadêmico Josué Montello, retirado do livro Centenário da Academia, além da reprodução de imagens presentes no livro, por intermédio de uma diagramação especial para a internet.
ABL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …