Pular para o conteúdo principal

Curso de fotografia religiosa acontece em Fortaleza

O Curso de Fotografia Religiosa é pioneiro no Brasil e já foi ministrado também na Bolívia e no Equador. O curso é um convite para pensar a fotografia de maneira diferenciada, através dos olhos da alma, e acontece nos dias 16 e 17 de dezembro.
Fotografar dentro do âmbito religioso não é o mesmo que fotografar em qualquer outro. Um fotógrafo católico precisa ser uma presença coerente e testemunhar os valores evangélicos, pois o registro carrega dentro de si códigos visuais de sua fé.
É necessário criar técnicas de gestão e avançar para campos interdisciplinares que possa complementar e auxiliar a uma visão mais clara e estratégica de ação evangelizadora, e sabemos o quanto a fotografia é uma grande ferramenta para este meio.
O curso tem por base os seguintes pilares: Técnica, Ciência e Fé. Através deles o aluno é conduzido a uma resignificação do olhar e, no final, a câmera não é a protagonista, mas sim o olhar.
A história do pensamento humano é repleta de comparações e reflexões entre os olhos e o espírito. Os olhos do saber, os olhos que contemplam a beleza divina, os olhos que chocam com a realidade e diante da qual também permanecem indiferentes, desviados.
O termo “olhos da alma” pode parecer um pouco poético, mas através da ciência os fotógrafos serão levados ao registro autoral de suas expressões afetivas.
Organizando essa sistemática cognitiva fica mais claro como registrar dentro das dimensões propostas e a melhor forma de aplicá-las. Assim, é possível extrair o melhor resultado sem perder a sua veracidade, deixando-o crível, sensível e fazendo com que os que contemplem a imagem vivam uma experiência de fé.
O curso que vem revolucionando a comunicação católica está em suas últimas edições de 2017. Para participar, é necessário ter uma câmera fotográfica, mesmo que não seja profissional. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo site.

Serviço
16 e 17 de dezembro de 2017
Paróquia Cristo Rei – Rua Nogueira Acioli, 805 – Aldeota, Fortaleza.
Informações pelo whatsapp: (43) 99630-3031
Inscrições e mais informações
Tribuna do Ceará

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …