Pular para o conteúdo principal

Pela primeira vez uma jovem com Síndrome de Down participa no concurso Miss EUA

(ACI).- Mikayla Holmgren, de 22 anos, se converteu na primeira mulher com Síndrome de Down a competir em um concurso de Miss Estados Unidos.
Mikayla participou durante o fim semana, nos dias 25 e 26 de novembro, da Miss Minnesota, concurso de beleza para Miss Estados Unidos e Miss Universo.
Apesar da participante Kalie Wright ter sido escolhida Miss Minnesota, no final do concurso, Mikayla ganhou dois prêmios: o ‘Espírito de Miss EUA’ e o Prêmio do Diretor.
“A Síndrome de Down não me define. Com a ajuda de vocês, posso ajudar a quebrar as barreiras”, disse um jovem à televisão local, segundo indicou o jornal espanhol ‘El Mundo’, em 3 de dezembro.
A jovem também é dançarina, estuda na Universidade de Bethel (Minnesota) e é embaixadora da ONG Best Buddies, dedicada a integrar as pessoas com deficiência intelectual na sociedade.
A sua mãe, Sandi Holmgren, confessou aos meios que achava que não aceitariam a sua filha neste concurso.
“Eu escrevi dizendo que Mikayla tinha Síndrome de Down, mas eles permitiram a sua participação. Nesse momento, eu não era consciente que este concurso era para Miss Estados Unidos e Miss Universo e demorei várias semanas para perceber o grande desafio deste concurso para ela”, disse.
Por sua parte, Denise Wallace, diretora executiva do concurso, disse, segundo afirma ‘Independent’, que “qualquer pessoa que estiver pelo menos cinco minutos com ela sabe que é a pessoa adequada para ser a primeira a representar uma comunidade de pessoas que precisam ver a si mesmas fazendo algo assim”.
Anteriormente, Mikayla participou de concursos de beleza juvenis e foi coroada Minnesota Junior Miss Amazing em 2015.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …