A primeira noite de um homem: um clássico da Nova Hollywood

Desde 2013, quando o Cinema do Dragão foi reinaugurado, a exibição de filmes clássicos passou a integrar o DNA da programação do equipamento. Tanto que, já nesse primeiro mês do ano, três estão na grade, dois deles na Mostra Retroexpectativa, anunciando o que está por vir em 2018. Nesta quinta de estreias, as atenções estão voltadas ao longa-metragem "A primeira noite de um homem", de 1967, dirigido por Mike Nichols, que será exibido em cópia restaurada 2K.
O longa ganhou o Oscar de Melhor Direção e conta a história do recém-formado Benjamin Braddock (Dustin Hoffman) que, após cumprir todas as suas responsabilidades acadêmicas, fica sem grandes propósitos. Neste contexto, ele é induzido a ter um caso com uma mulher casada, a Sra. Robinson (Anne Bancroft). Tudo se torna mais complicado quando seus pais insistem para que ele tenha um encontro com Elaine (Katharine Ross), filha da amante.
O roteiro de Calder Willingham e Buck Henry deriva do romance de Charles Webb, e, como aponta o crítico Gabriel Carvalho em texto publicado no site Plano Crítico, "é pontual em adotar a efemeridade das relações; a busca por respostas precipitadas; a tomada de decisões futuramente prejudiciais. A juventude está florescendo, amadurecendo perante o mundo, e se há alguém certeiro em personificar essa juventude transitória, este alguém é Hoffman".
Essas características, inclusive, remetem a um período de revolução cinematográfica em Hollywood, com roteiros menos burocráticos e cinemas autorais mais urgentes, a exemplo da Nouvelle Vague francesa. O movimento, que ficou conhecido como a Nova Hollywood, era reflexo da sociedade americana na época, no auge da contracultura e do pessimismo. E todos esses processos ficam evidentes no filme "A primeira noite de um homem".
Comédia romântica
Enquadrado em um gênero que costuma ser visto com muitas ressalvas, o longa de Mike Nichols desconstrói as expectativas do público como comédia romântica. O ingênuo Benjamin Braddock é seduzido pela mulher do sócio do seu pai. A Sra. Robinson pressiona o jovem para que a acompanhe em uma bebida em casa, e assim os dois personagens protagonizam uma das cenas mais conhecidas da história do cinema norte-americano: com sucessivas indiretas dadas por ela a Benjamin, este diz-lhe: "Sra. Robinson, você está tentando me seduzir!". Esta frase já foi adaptada diversas vezes em paródias feitas em seriados e filmes.
Mas, depois disso, o rapaz acaba se interessando por Elaine, a filha do casal Robinson. Furiosa com o romance de Benjamin com a filha, a sra. Robinson conta sua traição ao marido que, se antes apoiava o namoro da filha, agora resolve vingar-se, e se muda com Elaine e a mulher para lugar ignorado por Benjamin. Este passa, então, a procurar o novo amor por todo o país, e acaba encontrando-a no dia do casamento dela com outra pessoa.
Para o curador do Cinema do Dragão, Pedro Azevedo, duas coisas se destacam no filme que será exibido na sala 1: a atuação de Dustin Hoffman, que quando interpretou Benjamin tinha trinta anos, ao passo que o personagem tinha apenas 21 anos de idade; e a trilha sonora proposta pela dupla de músicos folk Simon & Garfunkel, com canções como "April Come She Will" e "Scarborough Fair/Canticle", ambas de álbuns prévios; e ainda as populares "The Sound of Silence" e "Mrs. Robinson".
Distribuição
A distribuidora que fez parceria com o Cinema do Dragão para trazer "A primeira noite de um homem" foi a Zeta Filmes. É ela também que vai trazer o francês "Acossado" (1960), de Jean-Luc Godard, e o italiano "Stromboli" (1950), de Roberto Rosselini, ambos previstos para serem exibidos na Mostra Retroexpectativa, entre os dias 11 e 24 de janeiro. "As distribuidoras compram os direitos dos filmes e a gente entra em acordo aqui no Brasil. É uma negociação comum, como com qualquer outro filme em cartaz. Mas é interessante ver que uma série de distribuidoras nacionais têm investido nos clássicos", aponta Pedro Azevedo.
Para o curador, quando você cria a demanda, o público vem. "Em 2013, quando começamos a trabalhar com clássicos, foi instantânea a adesão. Hoje é um elemento forte da programação, e não só do Dragão, mas também de outras salas de perfis parecidos, como a do Cineteatro São Luiz. O público já espera isso da gente", acredita. A formação de plateia, portanto, está garantida.
Mais informações:
Filme "A primeira noite de um homem" (The Graduate, EUA, 1960), de Mike Nichols. Com Dust Hoffman, Anne Bancroft e Katharine Ross. Exibições de 4 a 10/01, às 20h, na Sala 1 do Cinema do Dragão. Ingressos: R$ 14 (inteira). Contato: (85) 3488.8636

Comentários

Mais Visitadas

MEU PROFESSOR: MEU SUPER-HERÓI

Morre, aos 92 anos, a escritora Zibia Gasparetto

LAMENTAÇÕES DE UM LÁPIS

Um mestre da literatura em Londrina

Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns abre inscrições para ateliês