Canção satírica sobre Putin é premiado no Grammy

A música ironiza a glória do dirigente russo, que atualmente busca um quarto mandato, que em caso vitória o manteria no poder até 2024.
"Ele pode fazer funcionar um reator nuclear com o hemisfério esquerdo de seu cérebro", canta Randy Newman, de 74 anos. (AFP)

A canção satírica "Putin" do compositor e cantor americano Randy Newman, dedicada ao presidente russo foi premiada neste ano no Grammy.
A música ironiza a glória do dirigente russo, que atualmente busca um quarto mandato, que em caso vitória o manteria no poder até 2024.
"Ele pode fazer funcionar um reator nuclear com o hemisfério esquerdo de seu cérebro", canta Randy Newman, de 74 anos. "Quando ele tira a camisa, deixa as mulheres loucas, quando ele tira a camisa, tenho vontade de ser mulher".
Ao final da canção, as mulheres do coro tomam a palavra, supostamente representando a voz do povo russo. "Nos levará à terra prometida", dizem. "Tem razão, maldição", responde, "porque sou o 'Putin Man'".
Talentoso compositor que já conquistou seis prêmios Grammy e duas estatuetas do Oscar, Randy Newman escreveu canções mais clássicas, como "I Love L.A." ou um dos temas do filme "Toy Story", "You've Got a Friend in Me". Também é conhecido por seus títulos satíricos como "Sail Away".

AFP

Comentários

Mais Visitadas

Alagoano que dirigiu filme que teve cenas gravadas em Penedo toma posse na ABL

Literatura e cinema ajudaram a tornar Notre-Dame conhecida no mundo

Principal nome da literatura feita para crianças no Ceará, Horácio Dídimo, morto em 2018, pode ser homenageado em Dia Estadual da Literatura Infantil

Herança do governo golpista

Catedral de Notre-Dame, em Paris, sofre incêndio na tarde desta segunda-feira