Irmãs gêmeas

Gonzaga Mota*

A Política e a Economia são duas ciências com um grau de correlação significativo e dependem de variáveis endógenas e exógenas. De forma resumida, apresentamos apenas duas situações envolvendo fundamentos relacionados com as mencionadas Ciências.
Ambas abrangem diversos campos como a filosofia, o social, a justiça, a teoria dos jogos, relações internacionais, direito, administração e gestão, processo legislativo, etc. As duas situações escolhidas ressaltam dois indicadores políticos (estabilidade e incerteza) e um indicador econômico (crescimento).
Comentamos, por exemplo, de forma simples, sem auxílio visual, duas situações que mostram o comportamento político e econômico de um País. Para tanto, usamos o primeiro quadrante do sistema cartesiano de coordenadas ("abscissas" - eixo horizontal e "ordenadas" - eixo vertical). O primeiro modelo (estabilidade política "versus" crescimento) nos mostra uma curva ascensional da esquerda para direita, ou seja, quanto maior a estabilidade política, maior será a perspectiva de crescimento econômico.
Por outro lado, o segundo modelo (incerteza política "versus" crescimento) nos mostra uma curva descensional de esquerda para direita, ou seja, quanto maior a incerteza(instabilidade) política, menor será a perspectiva de crescimento econômico. Um país politicamente instável (com corrupção endêmica, poderes constituídos em desarmonia e não independentes, baixo nível educacional, privilégios, etc) jamais conseguirá bons indicadores. Às vezes consegue, como dizem os economistas, um rápido "voo" de galinha. Democracia plena é a solução.

*Professor aposentado da UFC

Comentários

Mais Visitadas

Principal nome da literatura feita para crianças no Ceará, Horácio Dídimo, morto em 2018, pode ser homenageado em Dia Estadual da Literatura Infantil

Literatura e cinema ajudaram a tornar Notre-Dame conhecida no mundo

Alagoano que dirigiu filme que teve cenas gravadas em Penedo toma posse na ABL

Herança do governo golpista