Amor Towles: enredo folhetinesco e detalhes de época

‘Um Cavalheiro em Moscou’ se tornou um best-seller, com 1 milhão de exemplares vendidos nos Estados Unidos

 
(./Divulgação)
Aleksandr Rostov é conde, e, portanto, suspeito aos olhos dos bolcheviques na Rússia de 1922. Conta a seu favor, porém, um poema de agitação política escrito em tempos pré-revolucionários. Os comissários do regime decidem que o conde, afinal, não merece ser fuzilado — mas será confinado em um hotel de Moscou, de onde observará as reviravoltas da história. O enredo folhetinesco e a boa mão para detalhes de época fizeram do romance Um Cavalheiro em Moscou (tradução de Rachel Agavino; Intrínseca; 464 páginas; 49,90 reais ou 34,90 reais em versão digital), do americano Amor Towles, um best-seller, com 1 milhão de exemplares vendidos nos Estados Unidos.

Fonte: Veja

Comentários

Mais Visitadas

Físico brasileiro recebe Prêmio Templeton de 2019

Câmara homenageia mulheres que se destacaram na luta por direitos

Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem 2019

Primeira edição da Semana de Arte Unifor abraça diversidade de linguagens e expressões

Capela revestida por milhares de ossos é ponto turístico excêntrico em Portugal