Com muito carnaval, Olinda comemora o Dia do Frevo nesta sexta-feira

O frevo mistura gêneros musicais, danças, capoeira e artesanato, e foi inscrito pelo Iphan como Patrimônio Cultural Brasileiro em 2007.
Olinda celebrará o segundo dia de carnaval oficial, com muita festa e condecorações.
Olinda celebrará o segundo dia de carnaval oficial, com muita festa e condecorações. (Divulgação)

Na data em que o estado de Pernambuco comemora o Dia do Frevo, 9 de fevereiro, Olinda celebrará o segundo dia de carnaval oficial, com muita festa e condecorações. A folia desta sexta-feira começa às 18h, na Praça do Carmo, ao som da orquestra Villa-Lobos. Às 20h, será a vez da orquestra Henrique Dias, seguida, às 21h, pela orquestra Maestro Ozéias.
As festividades contarão com homenagem aos maestros Clóvis, Henrique Dias, Ozéias, Carlos, Cézar e Serginho. Os mestres de frevo de Olinda também serão reverenciados durante a comemoração. Na lista estão os professores Wagner, Carlinhos, Walquíria, Beto, Vera, Mateus Ramos, Adriana do Frevo, Daniel e Alexandre Spain.
Desde 2012, o frevo pernambucano é considerado Patrimônio Cultural e Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O gênero musical urbano surgiu no fim do século 19, no carnaval, como forma de expressão popular.
O frevo mistura gêneros musicais, danças, capoeira e artesanato, tendo sido inscrito pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural Brasileiro em 2007.
Confira a programação:
Polo Tito Lívio (Praça do Carmo, na Av. Liberdade - próximo ao Coreto)
19h - Orquestra Villa-Lobos (maestro Clóvis)
20h - Orquestra Henrique Dias
21h - Orquestra Maestro Ozéias

Agência Brasil

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado