Fernanda Montenegro e Jocy de Oliveira fazem a abertura da Flip 2018

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S.Paulo

A atriz Fernanda Montenegro, 88 anos, e a maestrina Jocy de Oliveira, 81 anos, foram as escolhidas para fazer a abertura da Festa Literária Internacional de Paraty (25 a 29 de julho).
Contemporâneas de Hilda Hilst (1930-2004), a escritora homenageada desta edição da Flip, elas devem falar da admiração pelo trabalho da poeta ao mesmo tempo em que serão homenageadas pelo evento. As duas têm mais de meio século de palco – Fernanda é uma das principais atrizes brasileiras e Jocy, pioneira da música de vanguarda eletroacústica e da ópera multimídia.
Fernanda Montenegro e Jocy de Oliveira
Fernanda Montenegro (Foto: Eduardo Nicolau/Estadão) e Jocy de Oliveira (Foto: Fábio Motta/Estadão), juntas no palco Foto: Estadão
 
“Hilda Hilst reclamava homenagens em vida – queria ser prestigiada enquanto estivesse aqui – e brincava dizendo que seria homenageada depois de morta. É isso que temos de fazer com nossos autores e autoras em atividade, e são duas mulheres admiráveis”, diz a curadora Josélia Aguilar.
Assim como foi em 2017 na Flip de Lima Barreto, a abertura será mais artística – e não com uma conferência sobre o  homenageado, como era no início –, explica a curadora, que não dá mais detalhes. No ano passado, o ator Lázaro Ramos leu trechos de livros de Lima enquanto a historiadora e biógrafa do escritor, Lilia Schwarcz, falou sobre ele.
As duas convidadas vão lançar livros na Flip. Jocy, vencedora do Jabuti em 2015 por Diálogo com Cartas, apresenta, em Paraty, Leituras de Jocy – reunião de textos sobre sua obra a ser lançada pela Sesi-SP Editora.
Já Fernanda Montenegro lança sua fotobiografia pelas Edições Sesc e, pela Companhia das Letras, ainda a confirmar se na Flip, Meus Papéis, livro de memórias escrito com a jornalista e dramaturga Marta Góes.

Fonte: http://cultura.estadao.com.br

Comentários

Mais Visitadas

MEU PROFESSOR: MEU SUPER-HERÓI

Morre, aos 92 anos, a escritora Zibia Gasparetto

Dentro da rotina das redes sociais, mulheres dividem as dificuldades e os pontos positivos de expor a maternidade

A Palavra Não