Festival Jazz & Blues é o grande atrativo para subir a Serra no próximo feriadão. Confira o que fazer na cidade

por Marlyana Lima - Editora
Com uma programação recheada de atrações renomadas, o Festival Jazz & Blues faz dobrar a população da pequena cidade no feriadão de Carnaval. Este ano, o evento chega a sua 19ª edição convidando o público a mergulhar em uma atmosfera de poesia, ritmos, harmonia, melodia e criatividade ( Foto: Thiago Gadelha )
Em lugar de fantasia, casacos! Para beber, vinho ou chocolate quente substituem a loura gelada. Em lugar de blocos, palco e plateia. Esse certamente não é o cenário padrão do País do Carnaval, mas já se consolidou como um dos melhores programas para aproveitar o feriadão no Ceará. O Festival Jazz & Blues de Guaramiranga chega a 19ª edição com novidades para quem busca uma folia diferente em meio à natureza exuberante da Serra de Baturité.
Por isso mesmo a rede hoteleira da cidade (e dos municípios vizinhos) comemora uma ocupação de quase 98% para o período de 10 a 13 de fevereiro. Ainda há vagas, mas quem estiver planejando a viagem, é bom se apressar. A pequena cidade do Maciço de Baturité recebe turistas tanto do Ceará quanto de outros estados brasileiros.
Quem não conseguir hospedagem para todas as datas poderá contar com o Expresso Jazz & Blues. O transporte oficial do festival fará um "bate-volta" nos quatro dias de programação, saindo de Fortaleza às 13h e retornando à meia-noite. O passaporte custa R$ 140,00 e inclui translado ida-e- volta para um dia e ingresso para o show das 21h, na Cidade Jazz & Blues.

a
A cachoeira do Perigo, localizada no Sítio Labirinto, 10 km antes da entrada de Guaramiranga, é uma ótima opção para os adeptos do ecoturismo

Atrações dia e noite
Guaramiranga é o menor município do Estado, com uma área de 59.436 Km². Está situada a 95 km de Fortaleza e a uma altitude de 865m acima do nível do mar, o que proporciona um clima sempre ameno, com temperatura média anual entre 17º e 25º.
O friozinho da Serra, a natureza exuberante, a gastronomia refinada e as inúmeras possibilidades para a prática do ecoturismo fazem de Guaramiranga um destino ideal para qualquer época do ano. Mas é em fevereiro que a cidade vê sua população dobrar em função do feriado e do Festival que une várias gerações de excelência da música do Ceará e do Brasil, além de nomes mundialmente aclamados.

a
Na praça central da cidade, bares, restaurantes e bistrôs servem iguarias que combinam bem com o clima ameno. É o caso do fondue de chocolate

Turistando

Além do apelo cultural, Guaramiranga encanta a todos com suas atrações naturais. Tanto que ganhou o título de "Cidade das Flores", além de fazer parte da Rota do Café Verde. Há roteiros imperdíveis, em sítios históricos que podem ser percorridos com guias.
Quem visita a cidade não pode deixar de conferir pontos turísticos icônicos como o Mosteiro dos Capuchinhos. Além dele, as construções históricas, casarios coloridos em meio às ladeiras e ruas estreitas esbanjam charme.
A população local reflete a hospitalidade que é marca registrada das cidades interioranas do Ceará. Ainda assim, é comum ver a influência cultural e gastronômica exercida pelos moradores vindos de outras partes do mundo.

Para quem gosta de apreciar a natureza, uma boa dica é conferir o Mirante do Pico Alto. Trata-se do local de maior altitude no Maciço de Baturité, com 1.115 m

Image-0-Artigo-2356644-1
À medida que foi ganhando mais fama de destino turístico diferenciado, a cidade viu crescer o número de bares, restaurantes, bistrôs e parques ecológicos que ajudaram a alavancar o turismo na região.
O comércio de flores, vinhos, chocolates, café e artesanatos também ganhou força com o maior fluxo de visitantes que costumam retornar em busca do ecoturismo (em trilhas, cachoeiras e lagos), diversão e lazer.
Já a gastronomia merece um destaque à parte. Pratos das cozinhas nacional e internacional recheiam os cardápios de restaurantes e bares espalhados ao longo das ruas e concentrados, principalmente, nas imediações do Teatro Rachel de Queiroz.
Os deliciosos fondues, as carnes e variadas opções de massas, sempre acompanhadas de um bom vinho, são os campeões de pedidos nos restaurantes locais. Já aqueles que buscam apenas lanches rápidos ou petiscos, a melhor pedida são os charmosos quiosques que oferecem uma infinidade de opções.

Mais informações:

Festival Jazz & Blues de Guaramiranga
Confira a programação completa no site: www.jazzeblues.com.br


Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

O Irmão Carlos de Foucauld

Há 50 anos, primeira mulher negra era eleita ao Congresso nos EUA

Memorial do Holocausto lembra 80 anos da Noite dos Cristais em SP

MASP completa 50 anos de histórias

Escreve Pe. Jocy - Dom Delgado