Pular para o conteúdo principal

Pantera Negra, primeiro super-herói negro da Marvel, ganha seu filme solo

SUPER TRAJE Feito de vibranium, a roupa do Pantera Negra ajuda nos seus sentidos aguçados e possui garras retráteis FOTO DIVULGAÇÃO
SUPER TRAJE Feito de vibranium, a roupa do Pantera Negra ajuda nos seus sentidos aguçados e possui garras retráteis FOTO DIVULGAÇÃO
Desde sua criação, em 1966, por Stan Lee e Jack Kirby, Pantera Negra é um marco para os quadrinhos, sendo não apenas o primeiro herói negro. É, também, africano e rei da nação mais tecnologicamente avançada do mundo, Wakanda. Ele surgiu no auge das manifestações pelos direitos civis da população afro-americana. Após 50 anos, o personagem passa a ser uma referência também nos cinemas como o primeiro protagonista negro de um filme da Marvel Studios. Assim, o longa representa algo maior que a temática de super-herói e as cenas de ação comuns no gênero.
Para se ter ideia, em 2017 foi compartilhado o vídeo de um grupo de amigos celebrando o pôster e o filme, cujo elenco é composto quase integralmente por astros negros. Um dos rapazes comenta: “Nós estamos vendo esse pôster incrível e a nossa conclusão é que essa é a sensação que os brancos têm o tempo todo, desde o começo do cinema. Isso que sentimos é empoderamento e representatividade”. O vídeo viralizou, recebendo mais de 120 mil curtidas.
Isso confirma a frase do crítico de cinema Éric Rohmer: “todo filme é um documento de sua época”. Com Pantera Negra, que estreia amanhã, 15, um público carente por boas histórias protagonizadas por negros se satisfaz com um personagem que os representa.
Na aventura filmada por Ryan Coogler, a tarefa de T’Challa/Pantera Negra é manter sua nação coesa, após a morte de seu pai, o antigo rei - como visto em Capitão América: Guerra Civil (2016). Mas um vilão interessado nas riquezas de Wakanda, o Garra Sônica, abalará a paz de T’Challa, que precisa ainda deter a crueldade de um conterrâneo vingativo, Erik Killmonger.
O principal destaque dessa jornada é o elenco, majoritariamente negro, com exceção de Andy Serkis e Martin Freeman. Chadwick Boseman, no papel principal, além de Lupita Nyong’o e Michael B. Jordan são só alguns nomes que integram o grupo de protagonistas. E todos falaram sobre o filme com emoção, demostrando que, assim como o público, eles esperavam por um sucesso feito por astros negros.
Para o pesquisador de história do Hip Hop, Lucas Ferreira, o filme ainda se destaca por construir uma homenagem à cultura africana, já que tem detalhes de cenários, figurinos e sotaques como representações do continente. “O filme se torna uma viagem para a África e seus costumes. O designer de produção conseguiu recriar de maneira futurista os cenários do país fictício Wakanda com inspirações que partem de construções comuns na África, misturado com tecnologia de ponta. Quanto às pinturas corporais e à música, podemos confirmar que foi feita com total devoção”, diz.
A publicitária Vitória Salviano conta que Pantera Negra nasceu revolucionário. “É um filme que está marcando essa geração. Observe as Dora Milaji (guarda real), como elas são guerreiras fortes e inteligentes. Isso que é notabilidade”.
Ela afirma que Pantera Negra, sendo um filme de herói, é também uma obra de arte que não foge ao que promete em representatividade. E faz isso de maneira discreta em meio a um espetáculo de blockbuster. Essa estreia faz com que se espere mais respeito em um mundo ainda desigual com os negros.
DICA
O Pantera retorna aos cinemas em maio, em Os Vingadores: Guerra Infinita, dos Irmãos Russo. O filme conta ainda com o Doutor Estranho, Homem-Aranha e Os Guardiões da Galáxia
NAÇÃO WAKANDA
1. Zuri – líder espiritual da nação 2. Killmonger – vilão nativo de Wakanda. Foi exilado do país 3. W'Kabi - chefe de segurança de Wakanda e melhor amigo de T'Challa 4. Nakia - A espiã vive em missões fora de Wakanda para captar informações 5. T’Challa – Depois da morte de seu pai, o herói é o próximo na sucessão do trono. 6. Ramonda - Mãe de T'Challa e Shuri. Fará tudo para manter a paz no país 7. Okoye - líder do exército especial de Wakanda, formado apenas por mulheres 8. Shuri - é a irmã mais nova de T'Challa e a segunda na linha de sucessão  

O Povo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Natal em Natal (RN), a capital potiguar fundada em 25 de dezembro de 1599

Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto 'O Natal em Natal'.
Considerada uma das maiores e mais bonitas do Brasil, a Árvore de Natal instalada no bairro de Mirassol encanta a natalenses e turistas. (Alex Regis/ Secom Natal)
Os moradores da capital do Rio Grande do Norte têm um motivo a mais para se alegrar e vivenciar esta época do ano. Afinal, eles celebram o “Natal em Natal”. Aliás, a capital potiguar recebeu este nome devido a data da sua fundação: 25 de dezembro de 1599. Neste mês, a cidade se reveste de enfeites e de festas culturais, através do projeto “O Natal em Natal”, promovido pela prefeitura municipal. Ao todo, segundo a prefeitura, são mais de 40 eventos que contemplam dança, música, teatro, audiovisual, artesanato, gastronomia e outras manifestações culturais.
Na zona sul da capital, foi acessa, no dia 3 de dezembro,  a tradicional “árvore de Mirassol”, com 112 metros de altura, ornamentada com enfeites nos formatos de …

POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE 2016.06.08

Campus Party 2018 vendeu 30% a mais de ingressos que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party Brasília 2018 foi encerrada hoje (1°), após ter reunido milhares de pessoas em torno de palestras, oficinas e atividades com temas como o uso da tecnologia da computação, robótica, empreendedorismo e startups. Essa é a segunda edição do evento em Brasília, que começou no dia 27 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Antes prevista para acontecer de 30 de maio a 3 de junho, a feira foi adiada para esta semana por causa da greve dos caminhoneiros. De acordo com o diretor da Campus Party Brasil, Tônico Novaes, o evento contabilizou um volume de vendas de ingressos pelo menos 30% maior que a primeira edição da Campus Party em Brasília, realizada no ano passado.  Para Tônico Novaes, a edição no Distrito Federal se destacou pela elevada participação e envolvimento dos que estão no evento.  “Os campuseiros daqui são realmente engajados no conteúdo. Andando por aqui você vai ver todos os workshops e bancadas cheias e a estrutura está bem maior que a …