Projeto de alunos da UFC de Quixadá é finalista em competição de inovação tecnológica


ufc
Foto: Divulgação/UFC
Com o projeto denominado "Fala aí - Identificador e Distúrbios Fonológicos", a Universidade Federal do Ceará, com uma equipe do campus de Quixadá, é uma das finalistas do Campus Mobile, na categoria Educação. 
O Campus Mobile é um evento promovido pelo Instituto Net Claro Embratel e premia boas iniciativas de inovação para telefonia móvel, além de contribuir com a formação de jovens talentos universitários.
O projeto da equipe cearense trata-se de um aplicativo que tem como finalidade auxiliar professores na execução de atividades lúdicas focadas na linguagem e na fala.  O objetivo é alertar quando há necessidade de encaminhar a criança a um especialista em distúrbios do tipo.
A fase seguinte será para a finalização dos protótipos e a banca de avaliação vai estabelecer algumas metas para o desenvolvimento do projeto. Se elas forem cumpridas, são premiadas com R$ 6 mil. Os alunos cujo projeto possui melhor desempenho são contemplados  com uma viagem para a cidade de São Francisco e ao Vale do Silício, nos Estados Unidos, com visita à Universidade de Stanford, no mês de setembro. 
A equipe finalista é do curso de Design Digital e conta com os seguintes alunos: Ana Karine Bessa Candido, Caíque de Araújo Monteiro e Francisco Alan Ribeiro dos Santos, todos do Curso de Design Digital.
resultado final será divulgado apenas em abril. 

Diário do Nordeste

Comentários

Mais Visitadas

As dores da humanidade

Tudo começa com o caderno de caligrafia

Missão da Unesco faz primeira visita ao Museu Nacional

Adjetivando a vida

14 etnias não têm seu idioma original preservado no Estado do Ceará